Desvendando o Sinal da Besta

A Besta que sobre da Terra e o seu número.

 

Apocalipse 13:11-18 – Vi ainda outra besta emergir da terra; possuía dois chifres, parecendo cordeiro, mas falava como dragão. Exerce toda a autoridade da primeira besta na sua presença. Faz com que a terra e os seus habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada. Também opera grandes sinais, de maneira que até fogo do céu faz descer à terra, diante dos homens. Seduz os que habitam sobre a terra por causa dos sinais que lhe foi dado executar diante da besta, dizendo aos que habitam sobre a terra que façam uma imagem à besta, àquela que, ferida à espada, sobreviveu; e lhe foi dado comunicar fôlego à imagem da besta, para que não só a imagem falasse, como ainda fizesse morrer quantos não adorassem a imagem da besta. A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis.

 

Enquanto João continua observando as cenas proféticas se desenrolarem, ele vê outra besta. Esta surge da terra, e tinha dois chifres como os de um cordeiro e falava como um dragão.

A descrição dessa nova besta nos diz algo sobre sua ligação com a primeira besta. O poder romano se uniria com a besta da terra.

Há um interessante contraste entre a nova besta de Apocalipse 13:11 e as bestas de

Apocalipse 13:1 (ler o texto) e de Daniel 7.

A besta de Apocalipse 13:11 surge da terra firme. Os outros animais surgem do mar.

Água representa povos (Ap.17:15).

Portanto, terra, representa área não povoada.

No início, esse novo poder tem as características de um cordeiro. Ele se comporta de modo manso e gentil. Mas, depois, fala como um dragão, como Satanás. Esse poder termina oprimindo e enganando, justamente como o poder romano.

Reunindo as informações fornecidas pelos capítulos 12-13, conclui-se que esse novo poder surge de um lugar pouco habitado, no final dos 1260 anos descritos em Apocalipse 13:1-10 ou, em torno de 1798. Que nação apareceu em cena nessa ocasião, num lugar relativamente desabitado? Os sinais apontam claramente para os Estados Unidos da América.

Anabainon – crescer como uma planta.

 

TERRA = REGIÃO NÃO POVOADA

 

“Que nação do novo mundo se achava em 1798 ascendendo ao poder, apresentando indícios de força e grandeza, e atraindo a atenção do mundo? a aplicação do símbolo não admite dúvidas. uma nação, e apenas uma, satisfaz às especificações desta profecia; Esta aponta para os Estados Unidos” G.C.439

O surgimento dos EUA – O respeitado escritor americano G. A. Towsend descrevendo a origem dos Estados Unidos, fala do “mistério de sua procedência do nada”. (O Novo mundo Comparado com o Velho).

“Semelhando a semente silenciosa, desenvolvemo-nos em império”. (Idem)

Um jornal europeu, em 1850, referiu-se aos Estados Unidos como um “império maravilhoso, que estava emergindo e no silêncio da terra aumentando diariamente seu poder e orgulho”. (The Dublin Nation)

Os dois chifres simbolizam as duas poderosas características do sistema governamental norte-americano: liberdade civil e liberdade religiosa.

“Todos os homens foram criados iguais; dotados pelo Criador com certos direitos que não se pode ferir, dentre eles se destacam a vida, a liberdade e a busca pela felicidade”. (Discurso de Abraão Lincoln)

Proposta Americana – liberdade e paz

Os Estados Unidos, como campeão da democracia e dos direitos individuais, iniciou como um cordeiro. Os dois chifres simbolizam as duas poderosas características do sistema governamental norte-americano: liberdade civil e liberdade religiosa, mas algo ocorreu com esse poder semelhante a um cordeiro. Os versos 12 a 18 nos contam que ele (EUA) faz uma aliança com a primeira besta (poder romano).

 

Verso 12 “E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada”.

Verso 13 “E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens”.

Verso 14 “E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse na presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia”.

Verso 15 “E foi-lhe concedido que desse fôlego à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta”.

Versos 16 e 17 “E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas; para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome”.

O verso 18 declara: “Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis.” (666)

O que é a imagem da besta? Como ela será formada?

Quando os EUA com as suas igrejas se unirem, então estabelecerá a marca da primeira besta. Todos serão obrigados a ter a marca ou serão perseguidos. Como no passado. (13:16-18).

“Quando, porém a observância do domingo for imposta por lei, e o mundo for esclarecido relativamente à obrigação do verdadeiro sábado…” Será lançada a marca da besta. (GC 449)

“Também lhes dei os meus sábados, para servirem de sinal entre mim e eles, para que soubessem que eu sou o SENHOR que os santifica”. (Ez. 20:12,20)

Sigilla Solis, Estrela Basilisco – Trazem a tábua numérica da sequencia:

 

 

 

 

 

01

 32  34  03  35  06  111
 30  O8  27  28  11  07  111
 20  24  15  16  13  23  111
 19  17  21  22  18  14  111
 10  26  12  09  29  25  111
 31  04  02  33  05  36  111
 111  111  111  111  111  111  666

 

No Panteão Babilônico, o deus menor era representado pelo 6. O deus maior, pelo 60 e a totalidade dos deuses pelo 600. (666) – Ap. 13:2

 

VICARIVS FILII DEI – 666 em numerais romanos

“…É número de (do) homem…”

 

O homem foi criado no sexto dia.

 

Besta do Mar

Besta da Terra

Imagem da Besta

Marca da Besta

Número da Besta

Roma

Governo

União das Igrejas

Domingo

666

Papa

EUA

Papa

EUA

Homem sem a lei

 

A quem obedecer?

 

Apocalipse 14:9-11 (ler o texto)

Apocalipse 14:12 (ler o texto)

Atos 5:29 (ler o texto)

 

“Seja fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida” (Ap. 2:10)

 

“Não temas, eu sou contigo…” (Is. 41:10). A maior certeza é de que Jesus vai voltar!

Comente


  1. andressa

    eu quero ir para a gloria antes de vim esse chip para o brasil



  2. Carlos

    Pra mim a besta que emerge da terra é Israel(Yaoshorul).Povos gentios vem do mar.Assim como lua é sinal profético para Israel(Yaoshorul) e sol para gentios.O anti messias sentará no templo de Yaohuh querendo parecer Yaohuh, para isso é necessário a reconstrução do templo. Os que não o aceitarem serão os judeus(yaohudin) que tem o nome de Yaohushua e Yaohuh escrito em suas testas(os 144 mil). Esses adoram e servem somente ao verdadeiro criador(Ulhim) e não servem aos deuses e nem a zeus o Deus dos deuses enem ao senhor(tradução de Baal)



  3. alguem

    Não vim para mudar a lei , mas sim para comprilas… quando nos cumprimos algo termina….
    Aquele q viver pela lei, será julgado pela lei, aquele q viver pela graça,será salvo pela graça.
    pq ninguém se salva pela lei.
    exemplo se não cumprir uma delas não tem perdão pq são leis de Deus e ele é santo.
    como Jesus veio e cumpriu o que estava escrito, e tomou para sí nossos pecados, e em seu nome seremos salvos.
    independente de sábado, domingo, porco, vaca ele não esta preocupado com isso mas sim com nossas assoes, ele não quer sabe se vc guardou o sábado, mas sim se vc ajudou alguém neste dia, ou em qualquer outro, ou se vc se vestiu bem mas sim quantas pessoas vc doou roupas e o que vc comeu, mas quem vc alimentou, porque Jesus cristo é amor esta é a nova aliança…



  4. carinha que mora logo ali

    Mas não é só o Sábado, por que na Bíblia também diz que quem transgredir o menor dos mandamentos será julgado por todos, afinal já estará transgredindo a Lei, e em Deuteronômio 6:1-9 (em Êxodo 13 também, simbolizando Cristo) diz q toda a Lei, todos os Mandamentos são uma marca de Deus na fronte e na mão, então a marca da besta só podem ser as leis dela, todas as leis, e discordo que seja os EUA, pq nessa época (1798) houve um acontecimento muito mais importante e quem conhece História sabe que foi a revolução francesa e os direitos humanos de Napoleão Bonaparte, que derrubou o poderio católico e o papado e esse poder novo deu origem ao governo que conhecemos, e todo mundo gostou das novas leis que traziam liberdade, igualdade e fraternidade, ou seja a democracia que todos amam, com isso crentes de todas as denominações e não crentes passaram a conviver juntos e desfrutar das mesmas ideias que é trabalhar e garantir a nossa vida e depois pensar em Deus, mas Cristo diz que não devemos pensar no que comer, beber ou vestir, mas em fazer a vontade de Deus, a vontade de Deus não é dar dinheiro pro padre ou pro pastor, é cumprir os Mandamentos e seguir o exemplo de Cristo, como Cristo veio cumprir os Mandamentos (Mateus 5:17), acho que é isso que devemos fazer também.



  5. joyce filha de deus

    esse e o numero e eu nunca terei isso ta AMARRRRRRRADOOOOOOOO



  6. Daniela

    Cuidado com as más interpretação em dizer que a igreja católica e o papa está relacionado com a besta, saiba que de todo falso, Deus te fará prestar contas e tome cuidado pois a escatologia é um assunto muito sério e com Deus não se brinca. paz e fé!



  7. ELI

    não so membro de neiuma igreja mas estudo a bíblia e tenho recebido de Deus o entendimento para compreender as escrituras sagradas. e aos que se disem cristão e não guarda os mandamentos não erdarao a vida eterna principalmente os transgressor dos santos Sábado do senhor vai se como a nação de noe todos perecerão. a terra esta no fim a profecia fala de 2 período 1.260anos. 1.260+1.260 e igual 2.520 anos. ja estamos com 2.013 anos então para fecha a profecia so resta 507 anos para si cumpri todas as profecias de apocalipse e de Daniel então no ano 2.520 vira fim assim ta escrito. dos período;
    um dia dos dia e metade de um dia o um tempo dos tempo e metade de um tempo



  8. ster

    sera que é verdade



  9. Tenório

    Povo teimoso e soberbo. Tentam a todo custo colocar palavras na boca de Jesus Cristo como se Jesus Cristo as tivesse dito. Malícia humana! Ambição humana! Sabem que o sábado tornou-se dia que mais lhes dá lucro! o dia que sugere depravação, e assim dessa forma se apoiam as tradições humanas para desobedecer a Deus e usando Deus como desculpas! Inspiração não significa ser dono da verdade! Falam tanto contra Ellen White e a esculhambam de todas as maneiras possíveis e as coisas que ela proferiu há mais de 140 anos acontecendo e se formando. Até quando fugirão da verdade sendo usados pelo DEMO? E o pobre espírito que enfeitou de todas as formas porque nós Adventistas usamos outras pessoas no sábado… ora se há adventistas se aproveitam de certas coisas no sábado propositalmente isto é problema de cada um, mas uma coisa é certa o que não queremos para nós porque julgamos ser errado, não devemos passar para o outro. Outra coisa: se antigamente guardava-se o sábado como pede-se em Êxodo 20:8-11, ninguém morria pela falta de luz, de uma comida quentinha, por ter que andar a pé durante quilômetros, e outras coisas mais, pois se fosse por isto não haveria um judeu na face da terra. Sou Adventista com o maior Orgulho Cristão do Mundo, guardando os mandamentos de me Grandioso e Poderoso Deus e mantendo firmemente a fé em meu Querido e Amado Jesus Cristo.



    1. ERASMO F MENDES.

      porque não segue a yeshua melhor que hellen White a grande falsa profetiza dos últimos tempos aos adventistas meus pêsames.



  10. Danilo

    Aquele q viver pela lei,será julgado pela lei,aquele q viver pela graça,será salvo pela graça,se eu tenho que me assemelhar a Jesus não vou descumprir o q Ele me ensinou.Deus ele se preocupa com nosso interior,não com nossa parte externa,eu posso fingir ser manso e por dentro ser lobo.



  11. Danilo

    Sim,temos q descansar-mos um dia,mas não temos como especificar em qual dia é o dia do sabado,o mesmo sabado daquele tempo é o mesmo de hoje ? Não tem como provar.Parte 1



    1. ligia

      Oi, Danilo,
      Muito obrigada por sua visita em nosso site.
      Dos tempos do Novo Testamento até aos nossos dias houve apenas uma mudança no calendário. Essa mudança realizou-se primeiramente na Espanha, Portugal e Itália, em 1582, por um edito do Papa Gregório XIII. É por isso que nosso calendário atual é conhecido como Calendário Gregoriano. A passagem do velho para o novo calendário tornou necessária a omissão de dez dias do mês de outubro. O resultado foi que outubro de 1582, nos países que fizeram a mudança, ficou com o aspecto seguinte:

      1582 A.D OUTUBRO 1582 A.D

      Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
      1 2 3 4 15 16
      17 18 19 20 21 22 23
      24 25 26 27 28 29 30

      Quinta-feira, 4 de outubro, foi seguido por sexta-feira, dia 15. Daí resultou que, embora tivessem sido removidos certos dias do mês, a ordem, dos dias da semana não se alterou. E é o ciclo da semana o que nos traz os dias de sábado. Ao passarem os anos, as outras nações foram gradualmente adotando o calendário Gregoriano em lugar do Juliano, como se chama o antigo. E cada nação, ao fazer a mudança, empregou a mesma regra de saltar dias do mês, sem tocar na ordem dos dias da semana.
      A semana nunca foi abandonada! Mas o caso é mesmo mais forte que isto. Não só não foi alterada a semana quando se revisou o calendário, como nem mesmo se cogitou em interromper de qualquer modo o ciclo semanal. Falando na variedade dos planos sugeridos para a correção do calendário, diz a Enciclopédia Católica: “Fizeram-se todas as propostas imagináveis; uma só idéia é que nunca se aventou, isto é, a de abandonar a semana de sete dias.” – Vol. IX, pág. 251. Se a idéia não foi então nem mesmo apresentada, hoje é um pouco tarde para a apresentarem os oponentes do sábado.
      Por que deveria ter-se perdido a contagem do tempo? Quem o teria desejado assim? A civilização e o comércio existiram através de todos os séculos e não poderemos crer que os que viveram antes de nós eram tão capazes como nós de conservar a contagem dos dias? Certo, nem toda a sabedoria e ciência se acham limitadas ao século atual. Ademais, a rigorosa observação dos registros do tempo é de vital necessidade no culto religioso, tanto para cristãos como para judeus. O cristianismo e o judaísmo têm percorrido todos os séculos, desde os tempos bíblicos. São eles provavelmente os elos que mais fortemente nos ligam aos tempos antigos.
      Seria concebível que todos os povos cristãos, assim como judeus, perdessem a contagem das semanas, se isto envolvesse confusão para todos os seus dias santificados? E se tal pensamento fosse concebível, poderíamos então chegar ao ponto de crer que todos os cristãos, de todas as partes do mundo, e todos os judeus dos quatro cantos da Terra perderiam exatamente a mesma quantidade de tempo? Até onde terá de se estender tal objeção! Pois é fato que os judeus, que mantiveram através dos séculos o seu próprio calendário, encontram-se em exata harmonia com os povos cristãos, no que respeita aos dias da semana.
      Considerai a questão de outro ponto de vista ainda. Perguntai ao astrônomo se e é verdade que se perdeu a contagem dos dias, ou se foi alterado o ciclo semanal Ele vos responderá simplesmente: “Não”. Cogita-se hoje uma revisão do calendário a qual nos haveria de levar a perder a ordem dos dias, quanto à semana, e portanto também dos sábados, por isso que se introduziria cada ano um dia em branco, quebrando assim a absoluta continuidade das semanas. Por esse motivo, vários astrônomos têm feito vigorosa oposição a essa proposta. Eis uma amostra delas, na declaração de M. Edward Baillaud, diretor do Observatório de Paris:
      “Tenho sempre hesitado em sugerir a interrupção da continuidade da semana a qual é, sem dúvida, a mais antiga instituição científica que nos legou o passado.” – Relatório da Liga das Nações sobre a Reforma do Calendário, pág. 52. Portanto, podemos com certeza traçar o correr das semanas até aos tempos bíblicos. E desta forma podemos ter a certeza de que o Sábado do nosso calendário hoje é o mesmo Sábado dos dias de Jesus e da Criação do mundo.



  12. David Ribeiro

    Nao vim para mudar a lei , mas sim para comprilas , o anti cristo tera o poder de modificar a lei e de jugar como cristo, como alguem com pecados pode perdoar alguem , e como membros da igreja catolicas seram salvos, nao julgando , mas esclarecendo a verdade, eles acreditam que o papa perdoa, ainda q guarde o sabado, tem imagens de idolos, eles tem q começar a ler ainda q modifique os dez madamentos, nao modificaram o salmos 115 tem boca mais nao falam , tem olhos mas nao veem, vaidade nao é luxuria , vaidade nao é sete pecados capitais, vaidade simplesmente é o maior de todos os pecados é tudo aquilo que passa tudo q acaba, mas cristo é eterno acima do tempo , e voltara pra nos salvar nos eternizando tambem , nao importa quem é a besta quem é o anticristo pois aquele q segue a doutrina de cristo citado na biblia jamais seram abalados e salvaram a vida de muitos q sao fracos, e aqueles quiserem te derrubar zombe como elias, porque o deus q servimos é maior d q tudo e se nao decer fogo d céu nao se preocupe por q se intentarem contra a sua vida , a um lugar no céu esperando por ti, nao a nos senhor mas somenti a ti toda honra e gloria amem.



  13. roberto

    o símbolo da besta na minha opinião, são os livros sagrados (biblia, alcorão, etc.)pois se o diabo foi um anjo ele conhece e sabe como usar esses livros, basta ver que esse fanáticos religiosos são capazes de tudo e se acham donos da verdade. A maneira com são interpretados esse livros podem fazê-los muito mais prejudiciais a humanidade do que se possa pensar



  14. nivaldo figueiredo de matos

    No meio de todos os comentários aqui postados está havendo em todos eles muita enganação por parte das religiões acerca do fim do mundo.É preciso entender que o fim do mundo não é e nem será o fim do planeta Terra tão logo.O fim do mundo na verdade vai acontecer tão somente para aqueles que o Sr.Deus escreveu os nomes dos fiéis no livro da vida para herdarem a nova Terra (Não Esta que está guardada como tesouro para o fogo no tempo certo por Deus)A Palavra diz claramente que o fim virá como nos tempos de Noé.Ora Noé quando terminou de construir a Arca 7 dias depois veio o Dilúvio matando a todos excluindo os 8 que estavam na Arca.se observarmos atentamente o mesmo está acontecendo nos tempos atuais.em resumo a volta de Jesus se dará no ano de 2017 quando haverá o arrebatamento da Igreja ou seja uma única Igreja e não de Igrejas ou religiões.Jesus alertou que antes de sua vinda haveria falsos pastores, falsos profetas que enganariam a muitos.E é exatamente isto que vimos hoje.Falsas doutrinas cheios de lobos em pele de cordeiro.Por tudo isto é que o Diabo é chamado de Astuto Enganador.Vigiai e Orai pois não sabeis a hora que virá o ladrão.



  15. Marcelo

    Irmão o melhor que devemos fazer é ganhar almas para Jesus do ficarem ai discultindo sobre assuntos que não vão te levar a nada.

    Jesus disse que sabio e aquele que ganha almas.

    Porfia é pecado meus irmãos



  16. Alvino

    O que vocês buscam esse e o trabalho que Deus deixou pra cada um .e de acordo com o seu trabalho sera o seu salario . Se vocês estão buscando só coisas da carne vão ter só coisas da carne e vão servir ate o ultimo dia de vida a besta vão andar com o sinal da besta e o diabo esta rindo de alegria porque ele esta ganhando a sua alma. E você não esta percebendo.O que a bíblia diz que o mundo jás do maligno aquele que e amigo do mundo se constitui inimigo de Deus.Desde do velho testamento ate o novo nunca se ouviu dizer que os profetas ou Jesus se preocupava só com as coisas da carne igual agente vê hoje tanto faz com os católicos como também com os crentes praticamente todas as pessoas só estão buscando as ilusão do mundo só as coisa que o maligno oferece. Se você buscar a salvação da sua alma se preocupar realmente com salvação da sua alma e não com a salvação da sua carne. Ai você não vai ser amigo do mundo e vai conhecer a Deus através do seu filho Jesus e ele vai te conhecer e você vai conhece-lo e ele vai te ensinar o verdadeiro caminho pra salvação da sua alma e você sera livre das ilusões do mundo vai conhecer o certo e o errado vai conhecer Deus e vai conhecer o diabo como ele atua nesse mundo mais você vai esta livre dele ele não tem mais forca contra a sua alma.Porque você vai estar selado com o selo de Deus.Que a paz do Pai do Filho e do Espirito Santo esteja com todos nós.



  17. júnior machado fortaleza ce

    todos nós seres humanos confinados apenas ao pecado e esquecendo a unica profesia que jesus nos ensinou ter fe algo nos aconteça que seja RAPIDO sem dor…………..INDI



  18. cezar

    Falta de entendimento. A segunda besta não é os estados unidos. Tanto a primeira como a segunda fazem parte do mesmo sistema religioso.



    1. ligia

      Olá, Cézar,
      Muito obrigada por escrever pra nós e visitar nosso site.
      Para esclarecer este assunto segundo a Bíblia segue abaixo explicação e textos bíblicos para estudo:
      Sobre as bestas que surgiram da terra e do mar, temos a seguinte interpretação: Mar em profecia simboliza povos, nações, num sentido mais amplo e generalizado. Terra em profecia, também simboliza povos, contudo, num sentido mais específico, ou mais localizado.
      A besta que surgiu do mar representa o poder papal, cuja influência tem alcance global. A besta que surgiu da terra representa o protestantismo apostatado, cuja influência se restringe, atualmente, aos Estados Unidos da América. Contudo, um dia Esse país emprestará o seu poderio militar e financeiro ao Vaticano, para através desse sistema religioso, impor seus conceitos de vida em todo o mundo.
      A) A besta – A besta de Apocalipse 13:1-10, também descrita em Daniel 7 e 8 e Apocalipse 17, representa a igreja de Roma em sua fase eclesiástica revestida de poder civil. Sete pontos nos habilitam a identificar essa primeira besta com o sistema papal:

      (1) É um poder blasfemo (Ap 13:1, 5, 6).
      (2) Sua elevação dependeu de outro poder.
      (3) Houve um tempo na história em que Deus permitiu que essa atuasse como supremo poder eclesiástico (Ap 13:5).
      (4) Amparada pelo poder civil, estabeleceu um sistema de culto que se opõe ao verdadeiro cristianismo (Ap13:4,7 e 8).
      (5) É um poder perseguidor (Ap 13:7).
      (6) Tem influência mundial (Ap13:7).
      (7) Seu número é 666 (Ap13:18).

      B) A imagem da besta – o cumprimento de Apocalipse 14:9 só se dará quando estiver formada a imagem à primeira besta e for imposta a marca ou sinal. A besta e sua imagem se acham unidos nos seus objetivos e políticas. Daí resulta que aquele que adora a besta também irá adorar a sua imagem e ser portador do sinal.
      “Quando as igrejas de nosso país (EUA), ligando-se em pontos de doutrinas que lhes são comuns, influenciarem ao Estado para que imponha seus decretos e lhes apoiem as instituições, a América protestante terá formado então uma imagem da hierarquia romana. Então a verdadeira igreja será assaltada pela perseguição, como foi o antigo povo de Deus.” (História da Redenção, pág. 381, 382)

      C) A marca da besta – não se refere a um estigma literal, mas a algum sinal de submissão que identifica o seu portador como leal à besta. A controvérsia centraliza-se na lei de Deus e, particularmente, no “selo de Deus” (Ap 7) que é o quarto mandamento da lei. A marca da besta é a “mudança do sábado” como sinal de autoridade da Igreja de Roma”(Grande Conflito, pág. 449).

      (D) A recepção da marca – Isso ainda não ocorreu, está no futuro. Somente quanto “essa situação estiver assim, plenamente exposta perante o povo, e este seja levado a optar entre os mandamentos de Deus e os dos homens, é que, então, aqueles que continuam a transgredir hão de receber o `sinal da besta'”. (Grande Conflito, pág. 450).
      Alguns intérpretes chegam à conclusão de que a marca na mão significa trabalho e aponta para àqueles que aceitam a observância do dia falso de culto devido às sanções impostas aos que desobedecerem. A marca na testa significa assentimento mental. Aponta para uma crença. Estão convencidos de que isto está certo, e que o dia falso deve ser aceito.
      É uma situação semelhante àquela que encontramos em Dan.3. Houve um decreto para adorar a uma imagem que possuía uma medida de 60×6 côvados, e um decreto de morte para aqueles que se recusas¬sem a adorá-la. O número da imagem (60×6) também pode ser repre¬sentado por outros números, tais como 360, 600 ou 666. O número seis e seus múltiplos são conhecidos como o número da confusão espiritual de Babilônia, e representam a confusão espiritual dos últimos dias.



  19. Victoria

    Eu não acredito nisso quem decidi isso é Deus!



  20. nayra camila

    Deus esta voltando eu creio nisso



  21. Alvino

    porque todos vocês não se entregam a Deus verdadeiramente??? é só ele e ninguém mais que pode nos ensinar. na verdade não e pastor nem padre nem estudo bíblico nem faculdade alguma nem homem algum mas só Deus que pode te dar os olhos e os ouvidos espirituais pra você ver e entender os enigmas de Deus a nossa alma é espirito Deus é espirito a nossa salvação é espirito porque vocês ficam discutindo só coisas da carne transformando a palavra de Deus tao maravilhosa tudo em matéria. poque vocês não buscam o espirito santo que é jesus pra entenderem a verdade e ele vai abitar na sua casa que e o templo do espirito santo que e a verdeira igreja de deus, ai vocês vão entender que tudo isso aqui que a gente vê e faz nesse mundo e tudo ilusão e a unica coisa importante e a pessoa conduzir primeiro a sua alma nos caminhos santos do Senhor pra depois ensinar os outros. parem de ler a bíblia como se fosse um jornal ou uma revista .o numero de Deus e o sete que significa o sábado que e toda a verdade de Deus por isso Deus pediu pras pessoas guardarem o dia de sábado que e toda a lei de Deus, mais como o homem sempre teve um entendimento fraco sempre teve um entendimento material das coisas espirituais de Deus o homem começou a guardar o dia de sábado achando que se eles guardassem aquele dia eles seriam santificado mais não era essa a mensagem que Deus queria passar pro povo através dos profetas .o povo passou a idolatrar aquele dia. durante a semana faziam tudo o que não agradava a deus e descansavam no sábado achando que era aquilo que Deus queria mais não era isso que Deus queria porque não guardavam os mandamentos de Deus, então nunca guardaram o sábado do Senhor ate o dia de hoje.então Deus sempre lutou pra que o povo endentece o caminho santo do Senhor mais o povo nunca entendeu .ai deus mandou Jesus o seu próprio filho que e o espirito santo pra que nos todos tivéssemos uma ajuda espiritual porque na época da lei do velho testamento era só os profetas que tinham essa ajuda .pela misericórdia de Deus e a crucificação de Jesus Cristo hoje todos nos temos a salvação pela graça .que e a ajuda espiritual porque Deus viu que o homem com a forca da sua carne não tem condições de servir a Deus , por isso Cristo aboliu o dia de sábado, Cristo veio abolir a lei e o velho testamento. e trouxe para nos a fé .o homem hoje e salvo pela fé e não pela lei Cristo veio não pra mudar as leis mais pra que nos cumpramos as leis Cristo e a nossa ajuda. o caminho e a vida ninguém conhece a Deus se não for por Jesus.pra nos alcançarmos a salvação a vida eterna temos que guardar os mandamentos de Deus temos que atingir o total do entendimento espiritual que Deus quer, que e o numero sete que e a fé que cristo nos deixou se você entende e segue tudo o que esta escrito na bíblia espiritualmente. e sabe que a palavra de Deus serve pra libertação e salvação da sua alma você atingiu a fé você conheceu a Jesus e conheceu a Deus e guarda as leis de Deus. guarda o sábado do Senhor.e atingiu o numero sete de Deus. se você lê a bíblia e entende materialmente acha que o que ali esta escrito serve só pro proveito da sua carne . acha que muitas profecias ainda vão se cumprir.e muitas profecias não serve pra nos mais sim pra um outro povo de outra época passada ou futura você ainda esta servindo a besta que e o próprio diabo que e o numero “666” busque o numero de deus o “7”. tudo isso e pra vocês entenderem um pouco das grandezas de Deus o que significa o sábado do senhor e o que significa o numero da besta. com certeza vão dizer que cada um tem um entendimento e quem sou eu pra estar falando essas coisas eu não sou dono da verdade mais Deus e ,eu com certeza não sou nada mesmo mais Deus na minha vida e tudo e foi ele que me ensinou assim e essa verdade e de Deus se alguém dizer que não tem base bíblica e só você procurar que tudo isso esta escrito por deus na bíblia . Deus deu pro homem o livre arbitro Deus deixou o homem viver como queira mais vai ter um grande dia e esse vai ser sem misericórdia que Deus nos abençoe a todos.



    1. David Ribeiro

      Verdade buscai a santificaçao , mas ja esta chegando o fim e isso nao é ruim é muito bom , finalmente os q sofreram aqui no mundo emcomtram a paz no reino deus, porque o verdadeiro crente, nem anticristo nem besta vai abalar a fé do justo e paulo confirma nada podi nos separar do amor deus



  22. rosalino

    Se os adventista focem verdadeiros guardariam o sabado de Moizes
    e não o nosso sabado o calendario que nos temo e o calendario gregoriano feito pelo Papa Gregorio e calendario catolico e cada quatro anos muda um dia.



  23. Maria Mel

    Essa “conta de chegar” que todos os membros da IASD fazem é uma forma de fazer todo mundo crer que só a IASD é a verdadeira igreja de DEUS na Terra, vamos fazer essa conta…

    VICAIVS FILII DEI

    AGORA VAMOS FAZER AS CONTAS DIREITINHO COMO MANDA A REGRA DOS NÚMEROS ROMANOS

    VI C A R IV S F I L II D E I
    6 + 100 + 4 + 1 + 50 + 2 +500 + 1 = 664

    IV em algarismos romanos é 4 e não 5+1, formando assim o 6, como fazem os adventistas, assim sendo o número é 664, e não é o número 666 da besta.
    Se quisermos podemos usar essa numerologia mundana e descobrir milhares de “bestas”, vocês acreditam mesmo que DEUS em sua infinita sabedoria deixaria que seu povo calculasse o número da Besta usando essa numerologia ocultista que o mundo usa? Quanta tolice meus irmaos, o seu erro já começa aí!

    Essa numerologia mundana que a IASD usa para definir o número da besta é proibida por nosso DEUS, a Bíblia é bem clara ao deixar escrito que quem tem sabedoria saberá calcular o número da besta e isso não significa que temos que sair por aí fazendo numerologia de ocultismo como faz o mundo, a sabedoria será dada no momento oportuno e quando se fizer necessário, ninguém ainda tem a sabedoria suficiente para calcular e desvendar o número da besta.

    E se o domingo é o sinal da besta por ser o dia do sol, a IASD tem o sinal da besta, porque comemora o Natal juntamente com o mundo… E o natal como a maioria das pessoas inteligentes sabe, é na verdade o dia de comemorar o nascimento do deus sol(Baal) e não o nascimento do Filho de Deus como todos o fazem, portanto se a IASD não quer ter o sinal da besta, está na hora de deixar de lado as comemorações de natal, pois estão recebendo o sinal da besta, está na hora de os membros da IASD acordarem e perceberem o quão enganados estão, como a maioria dos homens está, são hipócritas querendo tirar o cisco do olho do irmão e nem prcebem a trave que têm no própro olho! Ninguém ainda está preparado para saber qual é o sinal da besta e nem quem é a besta pessoalmente,só no tempo certo DEUS revelará a quem n’Ele confiar e a quem lhe aprouver.
    Deus não tem uma igreja física construida na Terra, Ele tem um povo fiel que gurda os mandamentos e tem o testemunho de Cristo,e não o testemunho de uma falsa profeta…A IASD insiste de maneira arrogante e blasfema em dizer que Apocalipse 19 se refere à Sra. White,tolos o espírito “da” profecia é o testemunho de Jesus Cristo, não tem nada a ver com os escritos e proecias furadas dessa doida que se autointitulou o “espírito de profecia”, aliás o texto bíblico fala em espírito “da” profecia e não “de”profecia,o que muda todo o sentido da frase em questão, mas a IASD altera descaradamente essa passagem em benefício da sua (falsa)profeta, tolos! Os profetas vigoraram até João, tudo o que passar do que já estava escrito é anátema (maldição)!

    Se há um moderador nesse site, provavelmente nem sequer deixará meu comentário ser publicado, mas pensem bem no que eu disse e verão que estou certa!
    Abraços a todos os irmãos em Cristo que confiam somente n’Ele e em seu Pai,que é nosso Pai também através de seu sacrifício em nosso favor…



  24. Alexia

    Como vários de voces disseram o sábado não salva ninguem. E sim pedir perdão a DEUS por todos os seus pecados, ler a biblia e frequentar a casa de Deus.
    Muitos disseram que passam por igrejas e vee pessoas berrando e batendo o pé. Isso significa que o espirito santo está presente. Creio em Deus e se voce nãõ cre converse com ele peça perdão e sinta a diferença na sua vida!



  25. Joao ventura

    O sinal da besta, gente oremos bastante pra,k nakele dia possamos dicidir, em obedecer a Deus, do k os homens.
    “os justos viverao pela fe”nos nao vamos comprar,nem vender, e seremos perceguidos por causa da verdade, comece ja a treinar a fidelidade, pois de uma so vez, pode ser dificil, comece nas pequenas coisas a ser fiel, pois com as grandes acredito k serais. abraco gente



  26. mc juliano

    eu sou o caminho a verdade e a vida niguem vem ao pai es não por mim



  27. missonario wagner

    nos como cristao devemos colocar nossa barbinha de molho.pois nao sabemos nem o dia nem a hora .pois seremos julgado conforme nossas obras.e nao pelos pecados pois ja fomos perdoado pelo do sangue do cordeiro.mas hea he tem feito o q p JESUS! tenham anunciados as boas novas tem falado do amor de CRISTO p o teu vizinho pois podemos perde nossa salvacao atraves da obras pois estaremos defrente dele e ele vai pergunta cade as tuas obras?



  28. Ailton França

    Caro Júlio, acredito em sua boa intenção,por isso sugiro que vc dê uma olhada melhor em Rom 14, considerando o seu contexto. Acredito, que vc tenha tirado desse capítulo sua conclusão sobre o que Paulo escreveu em Romanos sobre a guarda do sábado,especialmente por causa dos versículos 5 e 6.Se este é o caso, sua conclusão cotém um erro clássico de interpretação textual, chamado de extrapolação, ou seja, ir além do que o texto realmente diz. Nessa passagem, Paulo apenas comenta o fato de alguns fazerem distinção entre um dia e outro num sentido religioso, porém não especifica o dia. Ele poderia muito bem estar falando dos dias considerados sagrados no calendário judaico,que ,depois da morte de Cristo, perderam o valor cerimonial que possuíam, bem como os rituais, envolvendo comidas, bebidas e sacrifícios realizados nesses dias(veja Lev 23; Colosenses 2:16,17). Esses dias, como vc pode ver em Lev 23, eram dias de repouso, assim como o sábado semanal, por isso também eram chamados de “sábados”(confira em Lev 23:32). Mas esses dias não devem ser confundidos com o sábado do sétimo dia, referido no quarto mandamento. O valor desse sábado vai muito mais além do que os cerimoniais, pois Deus nos ordena guardá-lo, não como sombra de Seu sacrifício, mas como sinal perpétuo de Sua autoridade como nosso Criador, o Deus que nos santifica(Êx 20:8-11,Gên 2:2,3; Êx 31:13,16-18; Ezeq 20:12,20). Por isso, em Lev 23, Deus faz uma distinção entre o sábado dos Dez Mandamentos e os sábados cerimoniais: ao primeiro, Ele chama de “Meus sábados”, ou “sábados do Senhor”(vers 3,38); aos demais, Ele chama de “vossos sábados”. Conhecedor e praticante da lei de Deus como Paulo era(At 24:14),jamais iria ele tratar o santo sábado como algo deixado a nosso próprio critério e opinião.



  29. Sonray

    Afff… Pessoas se alfinetando tanto católicos quanto evangélicos (protestantes), todas estão esquecendo-se do principal, cuidar-se de si mesmo, e ajudar os outros, penso que deveriam trocar informações, indiferente de que igreja pertença desde que estejam lutando contra o inimigo de suas almas, pois se cada um deseja ajudar os outros poderiam é respeitar no mínimo a decisão de onde (igreja) decidiu servir a Deus. O que satanás quer é isso mesmo, fazer com que pessoas desprovidas de experiencias com Deus, atrapalhem outras pessoas incautas defendendo suas teorias, esquecendo assim de lutar ou defender-se dele (de satanas), assim deixo aqui meu parecer, devemos, independentemente a qual igreja ou religião pretencermos desde que defendamos o nome de Jesus Cristo somente, ajudar as pessoas a entenderem o que acontece por trás dos bastidores pois assim diz na Bíblia, que nao temos de lutar contra a carne ou sangue, mas sim contra as potestades que trabalham as regiões celestiais para atrapalhar-nos ou cegar pessoas do que deveriam realmente estar apercebidas. Por fim meus caros, sou evangélico assembleiano creio na Bíblia em Deus e na volta de Jesus Cristo, convido tanto a católicos como protestantes a identificarmos as ciladas de satanás que é nosso verdadeiro inimigo, pois todos nós desejamos o céu, então podemos nos unir em defesa e anuncio ao evangelho de Jesus Cristo. Graça e Paz a todos que lerem este blog.



  30. mikael

    eu nao so da mentira mas so de deus comvio na vedade dele so ele mesmo deus



    1. mikael

      mais deus e maior doque isso so ele vai vim aqui na terra e vai teruba o gigante hoje



    2. aline

      creia emdeus somente



  31. Fernando

    Olá a todos, vemos varias discursões aqui, ja frequentei varias igrejas estou aberto a frequentar todas, me indentifico com algumas e com outras tenho algumas restrições,pois sou pecador e possuo varios sentimentos dentro de mim, mas vejo que nós todos somos apenas seres humanos que Deus nos ama e nos quer perto dele, não devemos querer achar que sabemos tudo e somos donos da verdade , pois na verdade não sabemos nada, Deus é o criador deixamos ele nos guiar, é que como Jesus disse: “Amar a todos como a si mesmo e até aqueles que vos perseguem”,e com certeza viveremos melhor, vamos tentar nos controlarmos e seguir-mos a Jesus, um abraço a todos..



  32. Rodrigues .

    DEUS é Justo ! ELE é !



  33. michel alexsander barbosa

    quem tem fé ta sem medo pois sabe que a história demorando ou não é a mesma



  34. JOSE FERNANDO RIBIRO DA COSTA

    A QUREDITO EM DEUS CRISTO JESUS;.CRISTO OPERA NA VIDA DA QUELE QUE CRE. PELA FE



  35. Fernando

    Como pode alguém de uma igreja(fruto de milhares de divisões, fundada por qualquer um que queira fundar uma “igreja”) pode sentir-se no direito e autoridade de acusar uma igreja milenar, que tem tradição, doutrina e milhares de santos, que deixaram um a vida de exemplo, bem como muitas profecias? Quem pensam que são para simplesmente acusar? Olhem para o que Jesus nos disse: “surgirão falsos profetas, falsos pastores, lobos vestidos em pele de cordeiro, que seduzirão a muitos…”. E é o que vejo: falsos profetas, falsos pastores, todos dizendo que “sua” igreja é a correta, a que salva, e apenas buscam tirar o dinheiro dos desesperados, ” vendendo” curas, graças e bençãos( empregos, relacionamentos, etc?). Parem de querer ser o dono da verdade e busquem a verdade em Deus… Que Deus abençoe a todos e tenha misericórdia!



    1. Alexia

      Na biblia Não está escrita nome de nenhum santo. Claro cada igreja tem sua doutrina, eu sou da igreja BATISTA, me batizei em 12 de fevereiro de 2012 com o maior orgulho. E aprendi que temos que ter fé em Deus Não em Santos. Como voce disse ele estudaram para estar a frente dizendo a todos. Como tambem nossos pastores fizeram isso!!!
      TOME MUITO CUIDADO AO JULGAR ALGUEM OU UMA RELIGIÃO!!! Pois no dia do juizo final Deus pode te julgar!!!! Reflita nisso entre dentro de uma igreja EVANGELICA sinta a unção de Deus e perceba.
      Nós da nossa religião vamos sempre a igreja voces vao quando querem e nao adianta ir a igreja depois sair dela e beber e pecar fazer tudo de novo como se nao tivesse acontecido nada.



      1. Alan

        Homens de pouca fé.
        É límpido e claro saber qual a igreja verdadeira e quais as igrejas que acham que cultuam a Deus e está cultuando a besta, por meio dos falsos profetas.
        Em ateus 24, diz Jesus que perto do fim surgirão falsos cristos e falsos profetas.
        Fingiremos que o fim está perto, como vocês insistem em alardear. Qual igreja surgiu perto do fim? Com certeza não foi a igreja católica, que surgiu junto com o próprio Jesus, a mais de 2000 anos atrás. Foram essas igrejinhas falsas protestantes, evangélicas, neo-pentescostais (essas ultimas então estão bem mais perto do sinais que se possível enganariam até os eleitos. Então larguem de adorar a besta e serem enganados pelos pastores 666 e venham à missa serem salvos.



  36. Sandra

    Jesws esta as portas, em breve a igreja sera arreabatada, cwide para vc nao fike, estejamos atentos, vivendo wm evangelho genwino e pwro.



    1. Armando Noé

      Faça uma coisa útil para voce , volte para a escola .



  37. aurélio

    na palavra de Deus está escrito: Levai a carga um dos outros e assim cumprireis a lei de Cristo. Nós somos gentis e não judeus. a lei que seguimos é a lei de Cristo a lei do amor. afinal lembram da oração do fariseu e do pecador? quem desceu justificado?



    1. FABIO VITOR DA COSTA

      SR AURELIO SE JESUS NÃO VEIO MUDAR A LEI E NEM OS PROFETAS COMO A LEI NÃO EXISTE E NÃO TIRAI NEM UM I OU UM TIO ATÉ QUE TUDO SE CUMPRA.
      EM 2 CORINTIOS FALA QUE O deus DESSE SÉCULO CEGA A MENTE DOS INCREDULOS PARA QUE CONHEÇA A VERDADE DE DEUS.NOS SOMOS QUE NEM TRAPO DE IMUNDICIA SEM A LEI E SEM JESUS A LEI É DEUS.SE NOS NÃO GUADARMOS A LEI SEREMOS QUE NEM REBELDE CONTRA DEUS.ANALIZE A LEI E VEJA QUE ELA É SANTA E BOS PARA UM BOM CRISTÃO



  38. Jakeline

    Irmaos nao fiquem questionando sobre o fim do mundo.apenas acredito que no dia 21 de dezembro vai acabar o calendario dos maias.pratique o bem para as outras pessoas.pois nesse mundo doente.tem muitas pessoas ruins.realmente tem muita coisa acontecendo pois eu li um pouco sobre o apocalipse.acredito que só serao salvos aqueles que tem fé em deus e que tenha um bom coração.um abraço para todos.lembresse só deus é que sabe sobre tudo.nao venha falar que sabe ou como vai acabar o mundo porq ninguem sabe apenas ele sabe que é deus.



    1. mc juliano

      eu sou o caminho a verdade e a vida ninguem vem ao pai se não por mim



  39. Marcos Vinicius

    PRIMEIRAMENTE A MARCA DA BESTA QUE CONSTA EM APOCALIPSE NÃO É FIGURADO É LITERAL NÃO É O DOMINGO POIS O APOSTOLO PAULO GUARDAVA O DOMINGO E NÃO O SABADO TAMBEM ESTAMOS NA DISPENSAÇÃO DA GRAÇA A DISPENSAÇÃO DA LEI OU TAMBEM CHAMADA DISPENSAÇÃO MOSAICA ACABOU!!!

    MARCOS VINICIUS
    IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR



    1. Ricardo Prado

      A paz do Senhor Jesus Cristo a todos. Caro Marcos Vinícius, sou evangelico e não vou pregar sobre placa de igrejas, visto que nenhuma delas salvará ninguem, a salvação é individual, vc precisa em primeiro lugar ACEITAR A JESUS CRISTO COMO SENHOR E SALVADOR, segundo, SER BATIZADOS e OBEDECER A PALAVRA DE DEUS. Agora escrever que PAULO guardava o domingo é MENTIRA. Pois Paulo foi um grande apostolo e o Novo Testamento foi quase todo escrito por ele, e não existe em nenhuma parte da biblia que diz que Paulo guarda o domingo.
      Favor ler e pensar antes de escrever, pois escrever besteira o jornal e a tv já faz isso todos os dias. Um grande abraço a todos e orem a Jesus todos os dias…Amem!.



    2. FABIO VITOR DA COSTA

      MARCOS VINICIOS EMAGINA NÓS AQUI NO BRASIL SEM LEI SERIA UM CAUS MAS ASSIM COM LEI JA É COMPLICADO .SE VC VER A LEI DE DEUS É SIMPLES A MAIORIA DAS LEIS FALA NÃO MATARAS , NÃO ADULTERAS , NÃO FALA FALSO TESTENHO ,NÃO COBIÇARAS , AGORA EMAGINA NÓS NÃO TENDO ESSAS LEIS DE DEUS
      SERIA TAMBEM UM CAUS MAS JESUS FALA QUE ELE NÃO VEIO MUDAR AS LEIS E OS PROFETAS E SIM CONFIRMAR A LEI .E NÃO TIRAI NEM UM I OU UM TIO ATÉ QUE TUDO SE CUMPRA. E PAULO TEM BASTANTE PASSAGEM QUE ELE GUARDAVA O SABADO
      JESUS ERA DE SEU COSTUME GUARDAR O SABADO MARIA MÃE DE JESUS GUARDAVA O SABADO.



  40. Leticia

    COMO NOS JA SABEMOS O FIM ESTA PROXIMO e tudos os produtos comercializados ja estao com a marca da besta (o codigo de barras 7*89 mais os 13 numeros e as 30 barras que formam 666)
    o codigo de barra foi transformado em um micro chip que esta sendo implantado nos animais para fazer propaganda do mesmo
    e tambem ja esta sendo implantado nos seres humanos como uma nova cedula de identidade (identidade,titulo de eleitor,CPF,passaporte,CNH,cartao de credito infalsificavel,as pessoas receberao um micro chip injetavel embaixo da pele da mao direita,elas irao pensar que estao recebendo um documento mas na verdade e a marca da besta.)



    1. Carlos Alves

      SOBRE O NR. 666 – Favor fazer um descritivo melhor como calcular esse nr. do código de barras. Estou curioso.



  41. Márcia

    Vale lembrar a todos que quando Deus enviou seu filho e semelhança a terra: Jesus, ele não tinha cor, raça e religião e, muito menos igreja ele só tinha o poder da palavra de Deus. No meu ver as religiões só foram criadas para separar o ser humano um dos outros, começando aí um pré-julgamento. Ressalto ainda, que não pertenço a nenhuma igreja mas, que creio piamente em Deus.



  42. marcel

    carla obrigado pelo seu comentário me renovei DEUS te abençoê



  43. Sayonara

    querida Micheli,tbm, pensava como vc, mas a graça de Deus me alcansou e abruiu meus olhos, como se abre a uma janela num quarto escuro e então entra uma luz quente como o sol.
    Ha um ano e meio tenho estudos c/ irmãos da IASD, estudamos o amor de Deus p/ conosco, já me batizei e posso te garantir por experiência propria que Deus é misericordioso para nos perdoarmos,nos amarmos e Ele deseja a nós a felicidade, mansidão,amor eterno, alegria,e somos salvos por Jesus.Pode entrgar seu lindo coração a Ele, vc pode ser feliz. Paz querida.



    1. FABIO VITOR DA COSTA

      E O ESTUDO DA BIBLIA ABRE OS OLHOS PORQUE SATANAS EM 2 CORINTIO 4:4
      FALA QUE O deus DESSE SÉCULO CEGA A MENTE DOS INCREDULOS PARA QUE NÃO RECONHEÇA A VERDADE DE DEUS.
      SATANAS TRABALHA SÓ COM A CURA E PROSPERIDADE MAS O ESTUDO DA BIBLIA NADA NADA SATANAS ATÉ ESTUDA MAS PARA O LADO DELE PEGA PRETESTO EMCIMA DO CONTESTO PARA ENGANAR.DANIEL 7:25 FALA QUE SATANAS PROFANARA PALAVRAS CONTRA O ALTISSIMO E MAGOARA OS SANTOS DO ALTISSIMO E CUIDARA DE MUDAR A LEI DE DEUS E OS TEMPOS.



  44. Júlio Ferreira Borges

    Vcs advendistas são muito fanáticos: o homem não foi criado por causa do sábado, mas o sábado foi criado por causa do homem! A marca/sinal/nome da besta será colocada na mão direita ou na testa como um mecanismo para realização de transações comerciais, não tem nada a ver com sábado ou domingo. Paulo escreveu em Romanos que se alguém guarda o sábado, o guarda para Deus e se alguém não o distingue dos demais dias, também o faz para Deus e ninguém pode querer ser o juiz disso. A igreja adventista foi fundada sobre uma teoria da volta de Jesus em 1844 que provou seu valor meramente especulativo, e que mesmo assim, foi levada adiante pela senhora White. Os EUA já não são a potência que eram e caminham para um colapso econômico e moral. Leia Ezequiel 38 e 39 e perceba que o final dos tempos tem mais a ver com a Pérsia (Irã), Líbia, Rôs (Rússia, no norte de Israel, reis do Oriente (China e/ou Japão) e Israel do que com os EUA. Até admiro o interesse das pessoas pela escatalogia, mas os adventistas só conseguem olhar para os EUA e o santo sábado desde que surgiram.
    Leiam Daniel, Ezequiel, Isaías, Apocalipse e fragmentos de Mateus 24, Marcos 13, Lucas 21 e busquem informações relacionados às crises na Europa, sociedades secretas (iluminatti) tendências tecnológicas, armamento dos países citados acima etc e cruzem informações.



  45. José Rodolfo

    Mas na biblia não diz que o mundo acaba tal dia. fico confuso com essa confusão que fazem em relação ao fim.



    1. Tais

      é porque José Rodolfo , Ele ( Deus) Não falou o dia nem a hora pra quando Ele ia vir pra buscar sua igreja , nem os anjos do céu sabem , imagine a gente ! ,e ELE fez isso pra saber se vc é verdadeiro , pra saber se quando ELE veio vc estava preparado !Quando Deus vir e buscar sua igreja , vão ficar muitas pessoas que não guardou ou rejeitou e escolheu o mundo ! Daí no eles vão ficar aki durante 7 anos quando vai entra o período dá grande tribulação ,a morte vai sumir deles , e eles vão sofrer muitas torturas pois sabiam dá verdade e mesmo assim a rejeitou , mais quem quiser a Deus naquele dia , pode conseguir é só vc perseverar e se arrepender , mais vai ser muito mais dificiu ! pois vai ter que achar uma esperança em meios tantas lutas ! mais eles que perseveraram vão subir sim ! que possamos crer em DEUS , e prepararmos pra quele grande dia ! By : Tais ! igreja assembléia de DEUS .



  46. Ezequias

    Olá Michele, leia a Bíblia com muita oração e vc. encontrará a verdade.
    Ezequiel 20:20 E santificai os meus sábados, e servirão de sinal entre mim e vós, para que saibais que eu sou o Senhor, vosso Deus.

    Não é a guarda do sábado que salva. Quem salva é Jesus Cristo, porém a Guarda do Sábado, lhe identifica que você segue o verdadeiro Deus.

    Hoje, todas igrejas usam o nome de Deus, mas, como podemos descobrir qual realmente segue a Ele. Por isso, Deus decidiu que o Sábado é DELE, e quem somos nós para ir contra.

    Que Deus lhe abençoe a encontrar a Verdade, pois Jesus disse: ENCONTRARES A VERDADE E ELA TE LIBERTARÁ.



    1. Fernando

      “Ler a Bíblia e encontrar a verdade”. Hoje temos mais de 50.000 denominações que se dizem “cristãs”, cada uma defendendo uma “livre interpretação” da Bíblia, conforme disse Lutero, o qual ele mesmo antes de morrer reconheceu seu erro. E devido a sua revolta protestante, originou hoje esta imensidão de “novas igrejas” a cada dia, criando confusão, cada fundador interpretando a Bíblia a seu jeito, e a maioria para atender “suas necessidades”, seu egoísmo, suas vontades, e não a vontade de Deus. Não querem obedecer por isso “fundam” igrejas, e dessas igrejas surgem outras, e outras… cada uma com um nome mais estranho que outra, pois já não sabem o que fazem, e por isso nem conseguem dar um “nome” á igreja que fundou pois não conhece a vontade de Deus, não conhece a Bíblia e portanto não é capaz de ser pastor…



    2. E LICITO FAZER BEM NO SABADO

      VOU TE FAZER UMAS PERGUNTAS SIMPLES QUE VOCE MESMO PODER RESPONDER OK? POR FAVOR TIRE MINHAS DUVIDAS.

      A IGREJA ADVENTISTA PREGA QUE TEMOS QUE GUARDAR O SABADO E QUE PODEMOS FAZER O QUE É LICITO NESTE DIA , POR ESTE MOTIVO FAÇO ESTAS PERGUNTAS ABAIXO:

      1 – DOS 18 MILHÕES DE ADVENTISTAS NO MUNDO INCLUINDO VOCE, PERGUNTO VOCE JA PEGOU ONIBUS PARA IR PARA IGREJA NO SABADO?

      R

      2 – JA COLOCOU GASOLINA EM SEU CARRO NO SABADO?

      R

      3JA USOU INTERNET NO SABADO? (NÃO PRECISA RESPONDER)

      R
      4 – JA PEGOU TREM NO SABADO?

      R
      5 JA TEVE QUE COMPRAR ALIMENTO NO SABADO?

      R
      6 VOCE OU ATÉ MESMO AS IGREJAS ADVENTISTAS NO MUNDO FAZEM USO DA ENERGIA ELETRICA NO SABADO?

      R
      7 JA COMPROU REMEDIO NO SABADO?

      R
      8- JA USOU TELEFONE NO SABADO?

      R
      9 JA PRECISOU DE UM MECANICO OU ELETRICISTA DE AUTOMOVEIS NUM SABADO?

      R

      10- JA PRECISOU DOS SERVIÇOS DE FUNERARIA NO SABADO?
      R

      11- JA PEGOU AVIÃO NO SABADO ?
      R
      12- JA PEGOU TAXI NO SABADO?
      R
      13- JA TOMOU BANHO NO SABADO?
      R
      14- JA RECEBEU CARTAS NO SABADO?
      R
      15- JA USOU CARTÃO DE CREDITO NO SABADO?
      R

      VOCE DEVE ESTAR SE PERGUNTANDO O PORQUE DESTAS PERGUNTAS SE TUDO ISTO ME É LICITO FAZER E COM CERTEZA SE VOCE NUNCA FEZ ISTO TUDO, ALGUM ADVENTISTA NO MUNDO JA FEZ E COM CERTEZA SEM CULPA NENHUMA POIS COMO JA FOI DITO É LICITO FAZER TUDO ISTO NA HORA DA NECESSIDADE EM UM DIA DE SABADO., TALVEZ VOCE ENTENDA QUANDO LER A ULTIMA PERGUNTA DESTA PAGINA.

      SABENDO QUE A IGREJA ADVENTISTA DO SETIMO DIA SE DIZ A UNICA IGREJA VERDADEIRA NO MUNDO ,PODEMOS ENTENDER QUE OS OUTROS PARTICIPANTES DE OUTRAS IGREJAS EVANGELICAS QUE NÃO GUARDAM O SABADO ESTÃO FORA DA SALVAÇÃO ,GOSTARIA DE SABER?

      COMO PODERIAM OS SANTOS ADVENTISTAS QUE RESPONDERAM SIM AS ESTAS 15 QUESTÕES ACIMA,, REALIZAREM ESTES ATOS LICITOS SE NÃO FOSSEM OS NÃO ADVENTISTAS QUE TRABALHÃO NO SABADO PARA QUE TUDO ISTO FUNCIONE ? SERA ISTO LICITO?
      COMPARE AGORA COM O QUARTO MANDAMENTO E VE SE ESTA DE ACORDO?
      8 Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.

      9 Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho;

      10 mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas.

      11 Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou.

      COMO SERA QUE OS ADVENTISTAS SE SENTEM SABENDO QUE O MUNDO TRABALHA PARA ELES PODEREM FAZER O QUE É LICITO NO SABADO? MESMO QUE PARA ISTO NÓS OS NÃO ADVENTISTAS,TAXISTAS, MOTORISTAS DE ONIBUS,AGENTES FUNERARIOS, PILOTOS DE AVIÃO, MAQUINISTAS , FARMACÊUTICOS, CARTEIROS, MECANICOS, ELETRICISTAS, FRENTISTAS, LIGHT, CEDAE ETC(ESTRANGEIROS), TENHAMOS QUE PERDER A SALVAÇÃO PARA QUE OS ADVENTISTAS POSSAM FAZER O QUE É LICITO NO SABADO ?
      NÃO SERIA ESTES TRABALHOS LICITO PARA OS NÃO ADVENTISTAS? OU A JUSTIÇA NESTE CASO NÃO FUNCIONA?
      TERA A ELLEN WHITE RESPOSTAS PARA ESTE PEQUENO PROBLEMA QUE ELA ARRUMOU?

      MINHA CONCLUSÃO:
      TERIA JESUS FEITO O QUE É LICITO NA DEPENDENCIA DOS VIOLADORES DO QUARTO MANDAMENTO?( EU NÃO ME LEMBRO)
      SERA LICITO FAZER NO DIA DE SABADO AÇÕES QUE DEPENDAM DAQUELES QUE VIOLAM O QUARTO MANDAMENTO?
      POIS EU AFIRMO;
      OS ADVENTISTAS QUE O FAZEM NUNCA GUARDARAM O SABADO!
      SERA QUE VOCES ADVENTISTA SÃOS DONO DA VERDADE? PENSE NISTO, E RETIRE ESTE ORGULHO DE VOSSAS ALMAS.
      EVANGELISTA FRANCISCO CARLOS -29/9;2012



    3. lindemberg ribeiro

      tem gente que só guarda o sábado,mas o domingo, segunda, terça, quarta, quinta e sexta só faz o que não presta.



  47. michelle

    acho que vcs são todos alienados..pastores de todas as igrejas dizem q o fim esta proximo p/deixar as pessoas com medo e assim poderem dominalas.Pessoas de pouca fé sentem medo qdo leem essas profecias q ñ tem nada de autentico.Só pq um pastor estudou teologia e aprendeu a interpretar a bíblia dessa forma,todos acreditam nele.
    Assim se é pago um dízimo bem generoso pra igrejinha q alguem inventou e quer enriquecer um pouquinho. No meu bairro tem uma em cada esquina de nomes bizarros e cheio de otarios dentro berrando!!!!!!!!!
    ACORDA POVO DE DEUS!!!!! ELE DEIXOU SINAIS? ENTÃO APRENDAM A ENXERGA-LOS. Ñ VAI SER UM PASTOR E NEM O SÁBADO Q VAI LHES SALVAR… Deus nos deu liberdade e ñ nos quer ver obedecendo um cara de terno e gravata #ficaadica#



    1. carla

      Primeiramente, MICHELLE, acredito que antes de você se pronunciar desta forma, deveria ter um pouco mais de conhecimento, com todo o respetio.

      Eu frequento uma igreja EVANGELICA, onde nenhum pastor ganha um centavo da igreja, eles tem que tirar o provendo para eles e sua familia, do proprio esforça fisico, se sustentar por conta própria, não recebem nada da igreja, pelo fato de serem pastores.

      Acredito, que não deve ser generalizado esse seu comentário, pois realmente existe igrejas e pastores com esse carater, (alias a igreja catolica, com todo o respeito é uma), mais tem muitas igrejas que não se prevalecem e desfrutam de tal dinheiro.

      digo uma coisa, não vá pelo homem, ou seja, por pastores, padres e sim pela palavra de Deus, (pela biblia), normalmente pessoas que tem esse pensamento singelo como o do seu comentário, é que não tem o conhecimento da palavra.

      como disse anteriormente, não vá pelos pastores e padres, vá pela palavra de Deus, e passe a ler um pouco mais a biblia, e vc mesma verás os sinais, e sem muito estudo e conhecimento, leigos como a gnt, reconhecem os sinais descritos na biblia, com os sinais atuais.

      Incrivel, não??? !!!!

      deixo uma pergunta no ar.
      quanto tempo foi escrito a biblia??? pq tudo o que está lá cada vez vem se demonstrando mais presente em nosssas vidas??

      acredito que não é pelo bel prazer de pastores…. ou simplesmente para fazer um lavam cerebral nas pessoa de pouca fé como se referiu.

      igrejas cheias e gente berrando???!!!

      não conheço sua cidade nem seu bairro, mais posso te afirmar, não englobe como um todo – pois, eu sou testemunho, pois vim de uma familia extremamente catolica, toda minha familia agora é evangelica da igreja adventista do sétimo dia, somente a minha mãe continua catolica apostolica romana. E eu??? eu sou evangelica, tenho 21 anos, e, frequento a igraja nações para cristo.

      Era uma pessoa que falava que jamais iria entrar em um igraja onde todos estavam berrando , ou sapatiando. Nunca me imaginei dentro de uma igreja assim. falava ainda que Deus não era surdo, e não era necessario berrar, acredito que Deus tbm não bobo, para que precisamos repetir milhares de vezes a mesma oração (como se faz com um terço). Mas hoje eu te digo, minha vida, minha familia, meu relacionamento com meu noivo, estão renovados, e nao sei o que seria disso tudo sem isso. Pois mudaram da água para o vinho, e dentro de uma igreja dessas.

      tive muitas provações na minha vida e inumeras vezes a real presença do Senhor Jesus Cristo, se não fosse ele e seus ensinamentos, talvez hoje não estaria viva.

      agora te pergunto novamente, já teve a graça de entrar em um lugar desses?? sabe o que realmente acontece lá???
      antes de pensar tudo isso, vá em uma e depois me conte.



      1. Tchubyitb

        Todos nós esqsemos como é grande o amor de deus.
        Deus apenas quer q amemos uns aos outros.deus nos dar oportunidades todos os dias,e mesmo assim não procuramos agradar a deus.q deus abençoe todos nos.



      2. Gabriel

        Carla, a Michelle está coberta de razão. Mas óbvio você vai defender seu peixe, fanatismo faz isso, retira a sinceridade intelectual das pessoas.

        Primeiro, não existe igreja evangélica, e sim igreja protestante, pois se fosse evangélica seguiria os preceitos do evangélio e não focariam toda a doutrina apenas no antigo testamento (partes que interessam).

        Segundo, gente má existe em todo lugar, existem pastores mal carater e padres mal carater, mas uma vez que um “civil” se afasta de igreja de Deus por não concordar com o que ela prega e começa e pregar o que ACHA que é certo, por conta, e arrasta outros tão igualmente ignorantes com eles, mesmo que com boas inteções já está fazendo o mal, pois está afastando inocentemente as pessoas de Deus.

        Tenho pena de vc se acha que uma leiturinha aqui uma leiturinha acolá serve para compreender a bíblia. É por isso que hoje temos tantos sem vergonhas por aí “proclamando a palavra”, fazem um cursinho de fim de semana com um pastor mais velho que se autoproclama “bispo” e já sai pregando, interpreta a bíblia de forma completamente subjetiva, seletiva e distorcida, decora ela sem entender o que está escrito. Sabe quanto tempo dura um curso de teologia? 10 anos! (PUC) e mesmo assim ainda tem pessoas que se formam despreparadas, imagina que faz curso de fim de semana!

        Quanto a sua pergunta: a bíblia foi escrita de 1450 AC a 90 DC, e se mantém atualizada devido ao fato de ser escrita de modo genérico, focada nas aflições do ser humano (desde os tempos em que o homem vivia nas cavernas as tribos viviam em guerras, passavam fome, etc), e as bases para que exista qualquer sociedade precisam de regras visando o bem comum do social (não faça aos outros o que vc não quer sofrer) e bang! Assim nasceu a bíblia.

        Infelizmente minha querida, a grande maioria dos pastores tem um dom, o dom do “bom papo”, sabem passar a conversa nos fieis falando o que eles precisam ouvir e aproveitam pra estorquir o tal do dízimo. Seu pastor não vive de dízimo? Parabéns, é apenas um desonesto inocente. De boas intenções o inferno está cheio.

        Sua vida terrena melhorou na seita que vc frequenta? ótimo, só não esqueça que aqui tratamos da alma e não do corpo, ou vc acha que algum maçon é pobre? Nem por isso a alma deles está salva. Sentiu Cristo na sua vida? Legal, quem garante que quem lhe deu a graça foi ele mesmo? Já se esqueceu dos falsos prodígios?

        E outra, não é necessario provar a droga pra saber que ela faz mal, não é necessario entrar no prostíbulo para saber o que acontece lá dentro, não é necessario checar o que acontece nas seitas para saber que é pecado.



        1. DANIELA

          Espero que DEUS não veja essas afrontas entre vós, um querendo ofender o outro, que triste deve ser para DEUS.

          É tão simples… pare de criticar ACREDITE EM DEUS procure ter o coração limpo…

          LEMBRE-SE NO CÉU NÃO HAVERÁ OFENSAS NEM AFRONTAS

          AMAI AO SEU PRÓXIMO COMO A SI MESMO.

          JESUS CRISTO VEIO PARA SALVAR… ACREDITE, CREIA.



      3. luciano

        meus irmaos e irmas primeiro a paz de deus con todos meu nome e luciano e sirvo a deus na congregacao crista no brasil todos nos sabemos que a congregacao e uma das masis rigidas que existe na terra mas poren vos digo que nao e ela que me vai salvar do castigo eterno vos digo pela palavra de deus e a nossa mae que e a biblia que igreja nenhuma salva mas sim nosso salvador jesus cristo o senhor existe muitos pastores,padres,bispos,cooperadores etc.que recebem para pregar a palavra de deus pois eu vos digo que nao muito tenpo esses terao quedar conta dessas almas para deus.quando batizando nos jesus disse que en nos sera reposado o espirito santo e uma ves nacido denovo que e o batizmo nunca mais terao pecados sim e pura verdade poren ele nos disse ide e nao pequeis mais quando falouassim com madalena tambem falouconosco porisso digo a vos que se querem sauvacao procura a verdadeira igreja a verdadeira rosa de saron que e a esposa de jesus cristo nao precisa ir forcado em uma igreja e batizarso porque opastor disse vc aceita a jesus!nao amados quen ten que nos aceitar e o senhor jesus quando ele te aceitar vc sabera qual igreja seguir provisioriamente porque nosso lar nao e neste mundo mas vos digo que muitos serao chamadoss e poucoa escolhidos a graca de de graca porem cada um tem uma crus para carregar e essa crus sechama provas e tentacoes quem for firme e fiel ate ofim deus usara de compaixao e o sauvara quem nao for ja esta condenado maldito e aquele que conheceaverdade e foge para deus e pior que um porco roedor entao amados procura servira deus de todo o coracao porque ainda eleesta como nosso advogado tem misericordia quando vier sera como juiz e nao existira mais amor de deus ainda ha tenpo amados segui a deus de todo ocoracao e fasa seu mandamentos o primeiro e amar a deus sobre todas as coisa edepois amar o teuprocimo com o ati mesmo nunca de olvidos ao velho testamento a lei de moises foi abolido porjesus quando veio a terra entao segui o novo testamento jesus e onosso salvador emquestao de quardar o sabado jesus trabalhou no sabado pois a multiplicacoes dos paesfoi em um dia de sabado e so ler que encontraras e deus os dara sabedoria nunca fasa nada sen antes dobrar o seu joelho e buscar adeus pois na biblia esta escrito todo o joelho a de se dobrar perante min isto e a chave para nos falar com deus se nao dobrar nossos joelhos a oracao nem do tetopassa apa de deus con todos



        1. ligia

          Olá, Luciano!
          Muito obrigada por escrever pra nós e por contribuir com sua opinião.
          Com todo respeito estamos lhe respondendo sobre a questão que você colocou aqui: a abolição da Lei e do sábado. Colocamos abaixo um texto contendo referências bíblicas e argumentos baseados na Palavra de Deus para explicar este assunto. Gostaríamos, por favor, que lesse para que possamos juntos crescer no conhecimento da Bíblia. Caso queira se corresponder conosco depois de lê-lo aqui está nosso e-mail: web@novotempo.org.br

          O Sábado ainda é válido para os cristãos? Qual a diferença entre o Sábado Semanal e os Sábados das Festividades Judaicas?

          Grande parte da confusão sobre a validade do sábado se deve a uma falta de compreensão da diferença entre o Sábado Cerimonial e os Sábados das Festividades Judaicas. Há uma grande diferença entre as leis cerimoniais, “as quais eram uma sombra das coisas vindouras”, e as leis morais, que são o fundamento do governo de Deus. As leis cerimoniais, as quais apontavam para o sacrifício do “Cordeiro de Deus”, foram abolidas quando Cristo morreu na cruz. Contudo, as leis morais não foram abolidas, e jamais o serão, pois elas representam o caráter de Deus.
          Se as leis morais pudessem ser abolidas, então Cristo não precisa¬ria vir para morrer pelos pecadores, bastaria apenas abolir ou destruir a lei, pois “onde não há lei não existe pecado, pois pecado é transgressão da lei”. Caso a lei moral tivesse sido abolida, isto me “libertaria” para adorar imagens, tomar o nome de Deus em vão, desonrar os pais, etc. Qual é o cumprimento da lei? Não é amar a Deus e ao próximo? A primeira parte da lei tem que ver com nosso amor a Deus e a segunda com nosso amor ao próximo. Se você acha que não deve guardar o sábado, também não deve guardar qualquer outro mandamento. Ou você acha que o único mandamento abolido foi o sábado?
          Quando Cristo discursava Seu sermão profético sobre a destruição de Jerusalém, pediu para Seus discípulos orarem para que sua fuga não ocorresse no inverno nem no sábado (Mateus 24:20). A destruição de Jerusalém ocorreria por volta de 40 anos depois da morte de Jesus. Se Ele quisesse que Seus seguidores guardas¬sem o domingo, por que estaria então preocupado sobre um dia o qual seria abolido após Sua morte?
          O sábado foi instituído no Éden antes mesmo de existir a nação israelita, o que foi confirmado por Cristo quando disse que o sábado foi feito por causa do homem, sentido genérico, e não para um povo específico apenas.
          Muitos cristãos são capazes até de jurar que na Escritura só é mencionado um Sábado: o Sábado da criação, do decálogo ou semanal. Muitos até arregalam os olhos quando ouvem falar de outros sábados, que não caiam necessariamente no sétimo dia. Mas vamos aos fatos:
          Há uma clara distinção entres os sábados festivos (cerimoniais), e o sábado do Senhor. Depois de descrever as festividades judaicas e seus sábados, Moisés esclarece-nos que esses dias deveriam ser respeitados “independentemente dos sábados do Senhor” (Levítico 23:37-39). Vamos agora descrever os sábados e suas relações com as festas judaicas.

          A. Festividades Judaicas
          1. Festa da Páscoa – 14º dia do mês de Abib. Não era um feriado (sábado).

          2. Festa dos pães asmos – 15º ao 21º dia de Abib. (Sábados cerimoniais – o primeiro e o último dia da festa)
          3. Festa do Pentecostes – 50 dias após a oferta do molho movido que era realizada no 16º do mês de Abib. (Sábado cerimonial – era dia de Santa Convocação)
          4. Festa das Trombetas – no primeiro dia do 7º mês. (Sábado cerimonial – era dia de Santa Convocação)
          5. Dia da Expiação – Décimo dia do 7º mês. (Sábado cerimonial – era dia de Santa Convocação)
          6. Festa dos Tabernáculos – do 15º ao 22º dia do 7º mês. (Sábados cerimoniais – O primeiro e o último dia da festa)
          Em resumo, temos (de acordo com Levítico 23 e textos correlatos): 6 festas e 7 sábados cerimoniais. Eles ocorriam durante o ano. O calendário hebreu era móvel como o nosso, de sorte que as festas poderiam ocorrer, começar e terminar em dias diferentes da semana e até coincidir com o sábado. Nesse caso o sábado tornava-se um “Grande Sábado” o que ocorreu por ocasião da morte de Jesus (João 19:31).

          B. Diferenças entre o sábado e os demais sábados
          1. O sábado era um dia distinto – após a menção do sábado em Levítico 23:3, é declarado no verso 4: “São estas as festas fixas do Senhor.” E então vem a descrição dessas festas. Em Levítico 23:38, as pessoas são informadas de que devem observá-las além do Sábado.
          2. O sábado é semanal – as festas eram celebradas uma vez por ano.
          3. A origem do sábado era diferente – as festas tiveram seu início com a formação de nação israelita (Monte Sinai), ao passo que o sábado remonta-se à criação do mundo. O sábado semanal não era só para os judeus (Marcos. 2:27; Gênesis 2:2; Êxodo 20:8-11).

          C. Semelhanças entre o sábado e os sábados
          1. Tanto as festas quanto o sábado são períodos de descanso e prazerosa adoração a Deus.
          2. O povo participava da observância das festas e do sábado. Eram atos coletivos de culto.
          3. As festas e o sábado eram convocações religiosas.
          4. Sacrifícios especiais deviam ser oferecidos no sábado e também nos dias festivos anuais.

          D. Dados complementares
          O mandamento do sábado não está incluso em Colossenses 2:14-17. Observe que o Sábado é uma lembrança da criação (Veja Êxodo 20:8-11) e não uma sombra do futuro. Outro dado que vem dar apoio à ideia de universalidade do mandamento sabático é o fato de que o povo de Israel foi acusado da transgressão do Sábado mesmo antes da lei ser dada no Sinai. Leia e releia Êxodo 16 (o relato sobre o Maná). Deus, através de Moisés, cobra severamente a guarda do Sábado, o que prova que o mandamento fora dado antes, ou seja, na criação do mundo (Gênesis 2:2).
          Que os sábados festivos eram cerimoniais e “sombras das coisas futuras”, pode ser verificado pela seguinte relação: Jesus Cristo cumpriu com notável exatidão as festas primaveris (Páscoa, Pães Asmos e Pentecostes). Ele morreu como “cordeiro pascal” (14º dia de Abib) e o período a seguir foi de “pães asmos e ervas amargas” por Sua morte. Sua ressurreição foi exatamente no 16º dia de Abib. Nesse dia, Cristo ressuscitou como “as primícias dentre os mortos” (molho movido). Cinquenta dias após vinha o Pentecostes. Exatamente nesse dia Cristo era recebido nos céus e derramava sobre os discípulos a chuva do Espírito Santo. Os estudos feitos quanto às festas outonais (Trombetas, Expiação e Tabernáculos) demonstram que eles estão claramente relacionados com a segunda vinda de Jesus a esta Terra (Trombetas – última pregação do Evangelho; Expiação – Juízo; Tabernáculos – a terra renovada).

          E. Reprovação para a guarda do Sábado
          Os textos bíblicos onde Deus reprova o Seu povo pela guarda do sábado são mal compreendidos. Isaías 1:13-18 é um exemplo claro acerca disso. O verso 13 fala de lua nova e dos sábados. Deus se aborrece até mesmo dos sacrifícios e das reuniões de culto (ajuntamentos solenes). Por quê? Não foi Ele próprio quem os instituiu? O que isso quer dizer então?
          Era parte essencial da religião hebraica observar os dias sagrados. Eles foram designados pelo Senhor (Êxodo 23:12-17; Levítico 23; Números 28;29; Deuteronômio 16:1-17). Mas não bastava a observância externa dessas formas religiosas. Deus disse claramente que a observância formal dos dias sagrados, ordenada por Ele mesmo, Lhe era ofensiva se faltava a obediência.
          Isaías declara que os serviços religiosos solenes, acompanhados de uma vida iníqua, são uma ofensa ao Senhor. O povo participava das cerimônias religiosas porque criam que essa era a maneira de ganhar o favor de Deus. O que é isso? Justificação pelas obras. Hipocri¬sia! Veja Amós 5:21-25. Em dois versos agora o resumo do que tudo isso quer dizer: Miqueias 6:7 e 8.

          F. O Sábado como sinal entre Deus e Seu povo
          Em Isaias 58:13-14; Ezequiel 20:12 e 20; e Apocalipse 14:12, o sábado é tido como um sinal entre Deus e Seu povo. Não estamos dizendo que só os que guardam o sábado serão salvos, mas que Deus sempre teve um povo, em todas as épocas, com uma mensagem específica para dar ao mundo.

          G. Leis Cerimoniais
          O termo lei cerimonial não aparece na Escritura assim como outros termos, tais como Trindade, que nós cristãos usamos. O que realmente importa é se o tal termo se refere a um ensinamento bíblico.
          Havia em Israel as seguintes leis: moral, cerimonial, civil, de higiene.
          Apenas à guisa de informação e exemplo, citamos os preceitos higiênicos.
          Os preceitos higiênicos, a rigor, não constituem uma lei, mas tratavam de altos princípios sanitários, de saneamento, de prevenção ao contágio de moléstias e, sobretudo, de elevados padrões nutricionistas. A proibição de comer alimentos imundos (Levítico 11) é hoje confirmada pela ciência. Moisés é considerado o pai da medicina preventiva.
          Lei Cerimonial – foi instituída após a queda. O futuro sacrifício de Cristo era simbolizado pelo sacrifício de cordeiros. O cordeiro era morto para a remissão dos pecados. O pecador assim recebia perdão aceitando, pela fé, a morte do futuro “cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.” Veja-se Abel, Abraão, Jacó e outros, edificando altares e oferecendo ali sacrifícios expiatórios, “sombras das realidades futuras”. (Hebreus 10:1-10).
          Quando Israel foi organizado como nação, essa lei foi ampliada para ilustrar de maneira mais ampla a obra de redenção. Assim, o culto do santuário, os holocaustos e ofertas, as festividades e ritos vários – tudo simbólico e prefigurativo – naturalmente cessou na Cruz (Colossenses 2:14-17). Se não há lei não há transgressão. E a lei que especificamente torna o pecado conhecido a nós é a que contém o mandamento contra a cobiça – o Decálogo. A simples prova de que existia o pecado muito antes do tempo de Moisés estabelece para nós o fato de que a lei deve ter existido antes.
          Torna-se evidente que, pelo mesmo processo de raciocínio, a lei existiu depois do tempo de Cristo. Existiu o pecado depois da cruz? Certamente que sim. Os apóstolos saíram a pregar aos pecadores depois da volta de Cristo ao Céu. O Novo Testamento tem tanto a dizer sobre o pecado e pecadores quanto o Velho. “Mas o pecado não é imputado, não havendo lei,” diz Paulo. Romanos 5:13.
          Portanto, está tão claro quanto uma manhã de primavera, que o Decálogo está tão certamente em existência depois de Cristo, quanto esteve antes de Moisés. Nenhum homem em seu senso cristão admitirá que nos séculos anteriores a Cristo os homens tenham vivido segundo uma moral mais elevada do que nós, porque certamente não poderia ter havido código mais elevado que os Dez Mandamentos. Como poderíamos, pois, argumentar que na dispensação cristã os homens tivessem sidos conduzidos a um plano moral mais elevado, se, ao mesmo tempo, afirmamos que os homens estão libertos desse código tão maravilhosamente concebido, os Dez Mandamentos? (Ver Romanos 3:31; 2:13; 7:12).
          Estamos, pois, preparados para crer, mesmo antes de examinar os textos apresentados, que eles absolutamente não podem ensinar o que muitos pretendem. Os textos declaram: “Ele [Cristo] é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derribando a parede de separação que estava no meio, na Sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz”. Efésios 2:14 e 15. “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenan¬ças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.” Colossenses 2:14.
          Que é significado por ordenanças, religiosamente falando? O Standard Dictionary assim define a palavra: “um rito religiosos ou cerimônia ordenada ou estabelecida por autoridade divina ou eclesiástica, como a ordenança da ceia do Senhor”. Tinha a igreja judaica antes de Cristo ritos tais como a ceia do Senhor e o batismo? Sim, e muitas mais. Celebravam ritos e cerimônias especiais, como a Páscoa e vários dias santos, ofertas de carnes e bebidas, etc. Lemos, por exemplo: “Esta é a ordenança da Páscoa”. Êxodo 12:43.
          Encontramos no Novo Testamento referências a essas ofertas e sacrifícios, como por exemplo: “Consistindo somente em manjares e bebidas, e várias abluções e justificações da carne, impostas até ao tempo da correção”. Hebreus 9:10.
          Havia várias leis e mandamentos estabelecendo justamente como as ordenanças deviam ser celebradas. Essas foram todas escritas por Moisés em um livro, e são geralmente mencionadas pelos escritores da Bíblia como a “lei de Moisés”. (Vejam-se Deuteronômio 31:9 e 24; Daniel 9:11). Esse “livro da lei” foi colocado, não dentro da arca, porém “ao lado da arca” conforme se lê em Deuteronômio 31:26.
          Quão diferente, porém, é ela da lei dos Dez Mandamentos, que diz respeito unicamente aos grandes e eternos princípios morais, e foi escrita pelo próprio Deus nas tábuas de pedra! (Veja-se Êxodo 31:18). A Lei dos Dez Mandamentos é comumente chamada “lei de Deus” (Veja-se Romanos 7:7 e 22). As tábuas de pedra que continham esta lei não foram colocadas “ao lado” da arca, porém “na arca” (Deuteronômio 10:5). Estas e muitas outras distinções que poderiam ser mencionadas, revelam claramente que a Bíblia apresenta duas leis, e que essas leis são vitalmente diferentes uma da outra. A lei referente aos sacrifícios, etc., é geralmente conhecida por Lei cerimonial, e o código dos Dez Mandamentos, por Lei moral.
          O livro de Hebreus contém a melhor explicação da relação das antigas cerimônias judaicas com o serviço de Cristo. Casualmente, esse livro é em geral tido como havendo sido escrito por Paulo, o autor dos dois textos apresentados em objeção e que estamos estudando. Nesse capítulo lemos: “a lei, a sombra dos bens futuros”. Hebreus 10:1. O escritor claramente se refere à lei cerimonial; primeiro, porque a lei moral não poderia ser descrita como “a sombra” de alguma coisa “futura”, visto que ela trata de princípios eternos; segundo, diz esse escritor “que a lei” ali referida se relaciona a “sacrifício e oferta e holocausto”, etc. Hebreus 10:8.
          Todas as ofertas no serviço judaico eram como que uma sombra das boas novas do evangelho, representando Cristo, o grande sacrifício que deveria ser oferecido. Quando aquele grande, perfeito sacrifício pelos pecados fosse feito, não haveria mais necessidade da sombra dos imperfeitos. Cristo “ofereceu um único sacrifício pelos pecados”. Hebreus 10:12. As leis e ordenanças sobre as ofertas de sacrifícios, de carne e bebidas, os dias santos anuais como a Páscoa, foram todos abolidas na Cruz. A sombra estava perante a realidade.
          Em vista disto, não temos dificuldades em compreender a que lei se refere Paulo, quando diz: “A lei dos mandamentos que consistia em “ordenanças” e “suas ordenanças”, nos dois textos que estamos examinando. Ele está se referindo especificamente à lei cerimonial.
          Ele torna a questão duplamente clara ao dizer nos versículos que se seguem que, por terem as “ordenanças” sido abolidas, não estamos mais sob a obrigação de ofertas de carnes, bebidas, etc., e que os dias santos são ” a sombra dos bens futuros”. A comparação com a linguagem usada no livro dos Hebreus é concludente. Entretanto não é feita menção alguma, nos ensinamentos desses textos, de que a lei dos Dez Mandamentos tivesse sido abolida.
          A Lei antes do Sinai: Algumas pessoas ficam admiradas pelo ensino de que a lei existia antes do Sinai. Seria tal ensino verdadeiro? Às vezes nos esquecemos de que Deus é um Deus de ordem e não permite que o homem seja guiado unicamente pelos ditames de sua consciência ou por “conveniências”. A Palavra nos diz claramente que o “o pecado não é imputado, não havendo lei” (Romanos 4:15; 5:13). Somente através da lei é que o pecado pode ser conhecido (Romanos 3:20; 7:7). Ora, será que o mundo que antecedeu o Sinai era dominado pela – cabeça, consciência, conveniência – anarquia completa, sem qualquer lei ou preceito moral como padrão para determinar o comportamento do homem? Não havia pecado? O que determinava o que era ou não pecado?
          A Bíblia nos diz que o pecado entrou no mundo através de Adão (Romanos 5:12), e com ele a morte que passou a todos os homens. Pecaram os homens antes do Sinai? Sim. Prova: os homens morreram; a morte é consequência do pecado, que por sua vez é transgressão da lei (I João 3:4). Caim pecou (Gênesis 4:7, 10 e 11); os antediluvianos pecaram (Gênesis 6:11 e 13), bem como os habitantes de Sodoma e Gomorra (Gênesis 13:13). O próprio Deus cobrou – e isso é notável – a guarda do sábado ao povo de Israel que recém saíra do Egito. Isso ocorreu antes do Sinai. Aqueles que transgrediram a lei, Deus os repreendeu severamente (ver Êxodo 16:28). Será que o povo não conhecia esse mandamento – o quarto mandamento – da lei? É muito claro que conheciam! Deus não nos faz exigências absurdas, sem sentido.
          Quando estudamos a vida de Abraão ficamos maravilhados. Era um homem que servia verdadeiramente ao Senhor. E o Senhor fez uma promessa a Abrãao e sua semente – Por quê? O capítulo 26:5 de Gênesis nos diz claramente: “Porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandamento, os meus preceitos, os meus estatutos, e as minhas leis”.
          Este verso inclui a maior parte das palavras hebraicas que se referem à lei divina ou mandamentos. Abraão propôs em seu coração obedecer implicitamente; quando caiu, se dirigiu a Deus com o sacrifício de contrição sobre o altar de seu coração (Hebreus 7:25; 8:1-4). Deixou sua terra natal, ofereceu a seu filho, realizou o rito da circuncisão, pagou os dízimos. Abraão foi um fiel guardador dos mandamentos do Senhor, incluindo a guarda do sábado que fora dada ao homem antes que ele pecasse (Ver Gênesis 2:1-3); por isso foi agraciado com bênçãos e promessas maravilhosas!
          Concluindo, dizemos que o sábado e os demais mandamentos divinos são eternos. Nunca houve um tempo na existência do homem em que Deus não tivesse dado, de maneira tão clara e tão explícita, aquilo que deve ser obedecido para o próprio bem e felicidade do homem (Salmo 111: 7 e 8). Se o amamos, iremos guardar os Seus mandamentos, que “não são pesados” (I João 5:3). A obediência é o resultado natural e espontâneo da fé que opera por amor a Deus e não uma mera demonstração exterior de religiosidade. Jamais a obediência a qualquer mandamento poderá nos salvar; as obras não salvam, apenas Cristo pode salvar e colocar no coração do homem o impulso para obedecer (Atos 4:12). A obediência é apenas uma expressão de gratidão e amor. João 14:15 e Hebreus 10:16 e 17.
          Escreva-nos quando desejar, e saiba que estaremos orando para que Deus possa derramar ricas bênçãos sobre você e sua família.



    2. FABIO VITOR DA COSTA

      nossa michele eu sou adventista do sétimo dia eu não acreditava muito no sabado mas depois que li ezequiel 20:12 e 20:20 vi que o sabado é um sinal entre nós e DEUS é muito forte joão 5:39 fala jesus examinais as escritura porque la testefica de mim e terais a vida eterna.
      paulo fala que nós temos que ser emitador de cristo e se vc estudar a biblia mostra que ele guardava o sabado era de seu costume desde criança.e se vc ver o sabado é dificil de guardar nesse mundo mas jesus fala que o caminho é estreito e dificil para aqueles que não oram a DEUS e se vc ver os 10 mandamentos é simples para um cristão guardar ele fala sempre não, não mataras , não aduteraras,não fala falso testenhu e quando chega no sabado nos mandamentos DEUS fala lembrate do dia de sabado para santificar isso ja vem da criação desde
      o edem

      FICA COM DEUS
      FABIO VITOR
      MARINGA PR



    3. lindemberg ribeiro

      jesus,não veio destruir a lei e sim acrescentar,pois ele não viu o pecado a não ser pela lei; sendo assim o que era só o sabado consagrado a Deus, consagrou-se todos os dias para que a mente,o coração e o amor;estivessem voltados para o senhor constantemente.Portanto não consagre somente o sabado ao senhor, mas todos os dias.amem,amem,amem…



  48. Inajara

    Boa noite Arthur , eu me chamo Inajara , sou Adventista do Sétimo dia , há 4 anos , eu tenho 18 anos apenas ,a minha família não é da minha religião .
    A sua pergunta é bem interessante
    Olha o que pregamos , e dizemos é que a salvação é para todos, Não importa a sua religião , e sim o que tem dentro do teu coração , se realmente o que tu faz é bom aos olhos de Deus
    Somos salvos pela GRAÇA ….



    1. francisco

      A BIBLIA DIZ EM RELAÇÃO AOS DEZ MANDAMENTOS QUE FOI DADO AO POVO DE ISRAEL?

      Deuteronômio 5:3
      Não com nossos pais fez o SENHOR esta aliança, mas conosco, todos os que hoje aqui estamos vivos.
      POREM ELLEN ESCREVEU:
      Santificado pelo descanso e bênção do Criador, o sábado foi guardado por Adão em sua inocência no santo Éden; por Adão, depois de caído mas arrependido, quando expulso de sua feliz morada. Foi guardado por todos os patriarcas, desde Abel até o justo Noé, até Abraão, Jacó. Quando o povo escolhido esteve em cativeiro no Egito, muitos, em meio da idolatria imperante, perderam o conhecimento da lei de Deus; mas, quando o Senhor libertou Israel, proclamou-a com terrível majestade à multidão reunida, para que conhecesse a Sua vontade, e a Ele temesse e obedecesse para sempre. ( O GRANDE CONFLITO PG 453)

      EM QUEM PODEMOS ACREDITAR? ADÃO GUARDOU O SABADO NO EDEM E APOS SER EXPULSO? VEJA O QUE A BIBLIA DIZ EM RELAÇÃO AOS DIAS DO HOMEM APOS SEU CASTIGO?
      Gênesis 3:17
      E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida.



      1. lindemberg ribeiro

        todos somos um só



  49. Arthur

    Então se eu não guardar o sábado eu não herdarei a vida eterna? Apenas a IASD será salva? e quanto as outras igrejas: batistas, assembléia de Deus, Presbiterianas, todas serão aniquiladas?



    1. Eliane P. Melo Silveira

      Não, não é a igreja que salva e sim a fé em Cristo Jesus, em te-lo como eterno Salvador, a biblia nos diz … Sai dela povo meu….. e nos diz que a igreja verdadeira é aquela que guarda os mandamentos, não é o sabado que salva e sim uma vida de obediência de guarda dos mandamentos descritos no livro de exodo 20…. Jesus diz que tem ovelhas em vários apriscos assim aqueles que guardam a verdade e os manamentos de Deus como descreve a lei estes serão salvos.



    2. REGINA

      Espero que DEUS não veja essas afrontas entre vós, um querendo ofender o outro, que triste deve ser para DEUS.

      É tão simples… pare de criticar ACREDITE EM DEUS procure ter o coração limpo…

      LEMBRE-SE NO CÉU NÃO HAVERÁ OFENSAS NEM AFRONTAS

      AMAI AO SEU PRÓXIMO COMO A SI MESMO.

      JESUS CRISTO VEIO PARA SALVAR… ACREDITE, CREIA.



    3. Thiago

      Amigo, já ouvi histórias de padres guardando o sábado, batistas que guardam o sábado, assembleianos, judeus que acreditam em Jesus como salvador e redentor.
      O sábado será uma marca, assim como o domingo.
      Creio que no tempo certo as igrejas que não guardam o sábado irão ser orientadas por Deus a fazerem a escolha certa.
      O domingo foi introduzido na igreja primitiva por pessoas que eram adoradoras do Deus Sol. Constantino era adorador do Deus Sol, e foi ele que fez Roma se “cristianizar”. Infelizmente a reforma de Lutero não abranjeu o sábado, mas sim o perdão que Jesus nos consede sem precisarmos de outro intercessor aqui na terra, como dizem os católicos.
      Creio que exista cristãos dignos e sinceros em todas as igrejas e que na hora certa o espírito santo irá ajudá-los a entender as intenções da Besta que sai do mar e da Besta que sai da terra.
      Ao verem que se trata de uma união já falada na bíblia a mais de 2 mil anos atrás, eles irão perceber que não se trata de somente UM DIA, mas se trata sim de uma escolha. A escolha por Jesus, ou a escolha pelo mundo.
      Paz…



      1. fabio

        Isso ai irmão, os que forem realmente de Deus verão a verdade quando Deus for separando os seus para o GRANDE DIA, de terror para os maus e de alegria para os bons.



        1. GENI

          É PRECISO QUERER VER A VERDADE. DEUS ESTEJA COM TODOS VCS



      2. mauricio

        gosto dos adventistas , mas estam redondamente enganados, vivemos na dispensação da graça e não da lei, a biblia diz que jesus veio ao mundo cumprir a lei em nosso lugar, pois nos eram um fardo pesado que nenhum profeta conseguiu suportar, e o próprio senhor nos diz assim que cumpriu a lei em nosso lugar …pois o meu fardo é leve…, graças a DEUS não estou preso a lei mosaica, mas sim na graça de nosso SENHOR e SALVADOR JESUS CRISTO



    4. Alexia

      Olá, eu sou da Igreja Batista Arthur pesso que voce me faça um favor pegue a biblia mais proxima e procure onde está escrito que devemos guardar o sábado!!! Eu tenho apenas 13anos me batizei aos 12 e me sinto contente em estar na presença de Deus. E claro que não Deus nos fala que para sermos salvos basta apenas lermos a biblia, orar, Se arrepender de coraçao dos nossos pecados! ok!



      1. ligia

        Olá, Alexia!
        Muito obrigada por escrever pra nós. Temos em prazer em responder você.
        Apesar do sábado ser um dos mandamentos da Lei de Deus escrita em Êxodo 20 muitas pessoas pregam que estes mandamentos foram abolidos pro Jesus na cruz. Imagino que você já deva ter ouvido ou estudado isso, portanto, escrevo abaixo sobre essa ideia de mandamentos abolidos, ok? A explicação é um pouco longa, mas espero que você leia até o final e que o Espírito Santo lhe ajude =) Caso ainda restem dúvidas estou disponibilizando nosso e-mail pra você escrever e mantermos contato: web@novotempo.org.br.

        O Sábado ainda é válido para os cristãos? Qual a diferença entre o Sábado Semanal e os Sábados das Festividades Judaicas?

        Grande parte da confusão sobre a validade do sábado se deve a uma falta de compreensão da diferença entre o Sábado Cerimonial e os Sábados das Festividades Judaicas. Há uma grande diferença entre as leis cerimoniais, “as quais eram uma sombra das coisas vindouras”, e as leis morais, que são o fundamento do governo de Deus. As leis cerimoniais, as quais apontavam para o sacrifício do “Cordeiro de Deus”, foram abolidas quando Cristo morreu na cruz. Contudo, as leis morais não foram abolidas, e jamais o serão, pois elas representam o caráter de Deus.
        Se as leis morais pudessem ser abolidas, então Cristo não precisa¬ria vir para morrer pelos pecadores, bastaria apenas abolir ou destruir a lei, pois “onde não há lei não existe pecado, pois pecado é transgressão da lei”. Caso a lei moral tivesse sido abolida, isto me “libertaria” para adorar imagens, tomar o nome de Deus em vão, desonrar os pais, etc. Qual é o cumprimento da lei? Não é amar a Deus e ao próximo? A primeira parte da lei tem que ver com nosso amor a Deus e a segunda com nosso amor ao próximo. Se você acha que não deve guardar o sábado, também não deve guardar qualquer outro mandamento. Ou você acha que o único mandamento abolido foi o sábado?
        Quando Cristo discursava Seu sermão profético sobre a destruição de Jerusalém, pediu para Seus discípulos orarem para que sua fuga não ocorresse no inverno nem no sábado (Mateus 24:20). A destruição de Jerusalém ocorreria por volta de 40 anos depois da morte de Jesus. Se Ele quisesse que Seus seguidores guardas¬sem o domingo, por que estaria então preocupado sobre um dia o qual seria abolido após Sua morte?
        O sábado foi instituído no Éden antes mesmo de existir a nação israelita, o que foi confirmado por Cristo quando disse que o sábado foi feito por causa do homem, sentido genérico, e não para um povo específico apenas.
        Muitos cristãos são capazes até de jurar que na Escritura só é mencionado um Sábado: o Sábado da criação, do decálogo ou semanal. Muitos até arregalam os olhos quando ouvem falar de outros sábados, que não caiam necessariamente no sétimo dia. Mas vamos aos fatos:
        Há uma clara distinção entres os sábados festivos (cerimoniais), e o sábado do Senhor. Depois de descrever as festividades judaicas e seus sábados, Moisés esclarece-nos que esses dias deveriam ser respeitados “independentemente dos sábados do Senhor” (Levítico 23:37-39). Vamos agora descrever os sábados e suas relações com as festas judaicas.

        A. Festividades Judaicas
        1. Festa da Páscoa – 14º dia do mês de Abib. Não era um feriado (sábado).

        2. Festa dos pães asmos – 15º ao 21º dia de Abib. (Sábados cerimoniais – o primeiro e o último dia da festa)
        3. Festa do Pentecostes – 50 dias após a oferta do molho movido que era realizada no 16º do mês de Abib. (Sábado cerimonial – era dia de Santa Convocação)
        4. Festa das Trombetas – no primeiro dia do 7º mês. (Sábado cerimonial – era dia de Santa Convocação)
        5. Dia da Expiação – Décimo dia do 7º mês. (Sábado cerimonial – era dia de Santa Convocação)
        6. Festa dos Tabernáculos – do 15º ao 22º dia do 7º mês. (Sábados cerimoniais – O primeiro e o último dia da festa)
        Em resumo, temos (de acordo com Levítico 23 e textos correlatos): 6 festas e 7 sábados cerimoniais. Eles ocorriam durante o ano. O calendário hebreu era móvel como o nosso, de sorte que as festas poderiam ocorrer, começar e terminar em dias diferentes da semana e até coincidir com o sábado. Nesse caso o sábado tornava-se um “Grande Sábado” o que ocorreu por ocasião da morte de Jesus (João 19:31).

        B. Diferenças entre o sábado e os demais sábados
        1. O sábado era um dia distinto – após a menção do sábado em Levítico 23:3, é declarado no verso 4: “São estas as festas fixas do Senhor.” E então vem a descrição dessas festas. Em Levítico 23:38, as pessoas são informadas de que devem observá-las além do Sábado.
        2. O sábado é semanal – as festas eram celebradas uma vez por ano.
        3. A origem do sábado era diferente – as festas tiveram seu início com a formação de nação israelita (Monte Sinai), ao passo que o sábado remonta-se à criação do mundo. O sábado semanal não era só para os judeus (Marcos. 2:27; Gênesis 2:2; Êxodo 20:8-11).

        C. Semelhanças entre o sábado e os sábados
        1. Tanto as festas quanto o sábado são períodos de descanso e prazerosa adoração a Deus.
        2. O povo participava da observância das festas e do sábado. Eram atos coletivos de culto.
        3. As festas e o sábado eram convocações religiosas.
        4. Sacrifícios especiais deviam ser oferecidos no sábado e também nos dias festivos anuais.

        D. Dados complementares
        O mandamento do sábado não está incluso em Colossenses 2:14-17. Observe que o Sábado é uma lembrança da criação (Veja Êxodo 20:8-11) e não uma sombra do futuro. Outro dado que vem dar apoio à ideia de universalidade do mandamento sabático é o fato de que o povo de Israel foi acusado da transgressão do Sábado mesmo antes da lei ser dada no Sinai. Leia e releia Êxodo 16 (o relato sobre o Maná). Deus, através de Moisés, cobra severamente a guarda do Sábado, o que prova que o mandamento fora dado antes, ou seja, na criação do mundo (Gênesis 2:2).
        Que os sábados festivos eram cerimoniais e “sombras das coisas futuras”, pode ser verificado pela seguinte relação: Jesus Cristo cumpriu com notável exatidão as festas primaveris (Páscoa, Pães Asmos e Pentecostes). Ele morreu como “cordeiro pascal” (14º dia de Abib) e o período a seguir foi de “pães asmos e ervas amargas” por Sua morte. Sua ressurreição foi exatamente no 16º dia de Abib. Nesse dia, Cristo ressuscitou como “as primícias dentre os mortos” (molho movido). Cinquenta dias após vinha o Pentecostes. Exatamente nesse dia Cristo era recebido nos céus e derramava sobre os discípulos a chuva do Espírito Santo. Os estudos feitos quanto às festas outonais (Trombetas, Expiação e Tabernáculos) demonstram que eles estão claramente relacionados com a segunda vinda de Jesus a esta Terra (Trombetas – última pregação do Evangelho; Expiação – Juízo; Tabernáculos – a terra renovada).

        E. Reprovação para a guarda do Sábado
        Os textos bíblicos onde Deus reprova o Seu povo pela guarda do sábado são mal compreendidos. Isaías 1:13-18 é um exemplo claro acerca disso. O verso 13 fala de lua nova e dos sábados. Deus se aborrece até mesmo dos sacrifícios e das reuniões de culto (ajuntamentos solenes). Por quê? Não foi Ele próprio quem os instituiu? O que isso quer dizer então?
        Era parte essencial da religião hebraica observar os dias sagrados. Eles foram designados pelo Senhor (Êxodo 23:12-17; Levítico 23; Números 28;29; Deuteronômio 16:1-17). Mas não bastava a observância externa dessas formas religiosas. Deus disse claramente que a observância formal dos dias sagrados, ordenada por Ele mesmo, Lhe era ofensiva se faltava a obediência.
        Isaías declara que os serviços religiosos solenes, acompanhados de uma vida iníqua, são uma ofensa ao Senhor. O povo participava das cerimônias religiosas porque criam que essa era a maneira de ganhar o favor de Deus. O que é isso? Justificação pelas obras. Hipocri¬sia! Veja Amós 5:21-25. Em dois versos agora o resumo do que tudo isso quer dizer: Miqueias 6:7 e 8.

        F. O Sábado como sinal entre Deus e Seu povo
        Em Isaias 58:13-14; Ezequiel 20:12 e 20; e Apocalipse 14:12, o sábado é tido como um sinal entre Deus e Seu povo. Não estamos dizendo que só os que guardam o sábado serão salvos, mas que Deus sempre teve um povo, em todas as épocas, com uma mensagem específica para dar ao mundo.

        G. Leis Cerimoniais
        O termo lei cerimonial não aparece na Escritura assim como outros termos, tais como Trindade, que nós cristãos usamos. O que realmente importa é se o tal termo se refere a um ensinamento bíblico.
        Havia em Israel as seguintes leis: moral, cerimonial, civil, de higiene.
        Apenas à guisa de informação e exemplo, citamos os preceitos higiênicos.
        Os preceitos higiênicos, a rigor, não constituem uma lei, mas tratavam de altos princípios sanitários, de saneamento, de prevenção ao contágio de moléstias e, sobretudo, de elevados padrões nutricionistas. A proibição de comer alimentos imundos (Levítico 11) é hoje confirmada pela ciência. Moisés é considerado o pai da medicina preventiva.
        Lei Cerimonial – foi instituída após a queda. O futuro sacrifício de Cristo era simbolizado pelo sacrifício de cordeiros. O cordeiro era morto para a remissão dos pecados. O pecador assim recebia perdão aceitando, pela fé, a morte do futuro “cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.” Veja-se Abel, Abraão, Jacó e outros, edificando altares e oferecendo ali sacrifícios expiatórios, “sombras das realidades futuras”. (Hebreus 10:1-10).
        Quando Israel foi organizado como nação, essa lei foi ampliada para ilustrar de maneira mais ampla a obra de redenção. Assim, o culto do santuário, os holocaustos e ofertas, as festividades e ritos vários – tudo simbólico e prefigurativo – naturalmente cessou na Cruz (Colossenses 2:14-17). Se não há lei não há transgressão. E a lei que especificamente torna o pecado conhecido a nós é a que contém o mandamento contra a cobiça – o Decálogo. A simples prova de que existia o pecado muito antes do tempo de Moisés estabelece para nós o fato de que a lei deve ter existido antes.
        Torna-se evidente que, pelo mesmo processo de raciocínio, a lei existiu depois do tempo de Cristo. Existiu o pecado depois da cruz? Certamente que sim. Os apóstolos saíram a pregar aos pecadores depois da volta de Cristo ao Céu. O Novo Testamento tem tanto a dizer sobre o pecado e pecadores quanto o Velho. “Mas o pecado não é imputado, não havendo lei,” diz Paulo. Romanos 5:13.
        Portanto, está tão claro quanto uma manhã de primavera, que o Decálogo está tão certamente em existência depois de Cristo, quanto esteve antes de Moisés. Nenhum homem em seu senso cristão admitirá que nos séculos anteriores a Cristo os homens tenham vivido segundo uma moral mais elevada do que nós, porque certamente não poderia ter havido código mais elevado que os Dez Mandamentos. Como poderíamos, pois, argumentar que na dispensação cristã os homens tivessem sidos conduzidos a um plano moral mais elevado, se, ao mesmo tempo, afirmamos que os homens estão libertos desse código tão maravilhosamente concebido, os Dez Mandamentos? (Ver Romanos 3:31; 2:13; 7:12).
        Estamos, pois, preparados para crer, mesmo antes de examinar os textos apresentados, que eles absolutamente não podem ensinar o que muitos pretendem. Os textos declaram: “Ele [Cristo] é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derribando a parede de separação que estava no meio, na Sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz”. Efésios 2:14 e 15. “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenan¬ças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.” Colossenses 2:14.
        Que é significado por ordenanças, religiosamente falando? O Standard Dictionary assim define a palavra: “um rito religiosos ou cerimônia ordenada ou estabelecida por autoridade divina ou eclesiástica, como a ordenança da ceia do Senhor”. Tinha a igreja judaica antes de Cristo ritos tais como a ceia do Senhor e o batismo? Sim, e muitas mais. Celebravam ritos e cerimônias especiais, como a Páscoa e vários dias santos, ofertas de carnes e bebidas, etc. Lemos, por exemplo: “Esta é a ordenança da Páscoa”. Êxodo 12:43.
        Encontramos no Novo Testamento referências a essas ofertas e sacrifícios, como por exemplo: “Consistindo somente em manjares e bebidas, e várias abluções e justificações da carne, impostas até ao tempo da correção”. Hebreus 9:10.
        Havia várias leis e mandamentos estabelecendo justamente como as ordenanças deviam ser celebradas. Essas foram todas escritas por Moisés em um livro, e são geralmente mencionadas pelos escritores da Bíblia como a “lei de Moisés”. (Vejam-se Deuteronômio 31:9 e 24; Daniel 9:11). Esse “livro da lei” foi colocado, não dentro da arca, porém “ao lado da arca” conforme se lê em Deuteronômio 31:26.
        Quão diferente, porém, é ela da lei dos Dez Mandamentos, que diz respeito unicamente aos grandes e eternos princípios morais, e foi escrita pelo próprio Deus nas tábuas de pedra! (Veja-se Êxodo 31:18). A Lei dos Dez Mandamentos é comumente chamada “lei de Deus” (Veja-se Romanos 7:7 e 22). As tábuas de pedra que continham esta lei não foram colocadas “ao lado” da arca, porém “na arca” (Deuteronômio 10:5). Estas e muitas outras distinções que poderiam ser mencionadas, revelam claramente que a Bíblia apresenta duas leis, e que essas leis são vitalmente diferentes uma da outra. A lei referente aos sacrifícios, etc., é geralmente conhecida por Lei cerimonial, e o código dos Dez Mandamentos, por Lei moral.
        O livro de Hebreus contém a melhor explicação da relação das antigas cerimônias judaicas com o serviço de Cristo. Casualmente, esse livro é em geral tido como havendo sido escrito por Paulo, o autor dos dois textos apresentados em objeção e que estamos estudando. Nesse capítulo lemos: “a lei, a sombra dos bens futuros”. Hebreus 10:1. O escritor claramente se refere à lei cerimonial; primeiro, porque a lei moral não poderia ser descrita como “a sombra” de alguma coisa “futura”, visto que ela trata de princípios eternos; segundo, diz esse escritor “que a lei” ali referida se relaciona a “sacrifício e oferta e holocausto”, etc. Hebreus 10:8.
        Todas as ofertas no serviço judaico eram como que uma sombra das boas novas do evangelho, representando Cristo, o grande sacrifício que deveria ser oferecido. Quando aquele grande, perfeito sacrifício pelos pecados fosse feito, não haveria mais necessidade da sombra dos imperfeitos. Cristo “ofereceu um único sacrifício pelos pecados”. Hebreus 10:12. As leis e ordenanças sobre as ofertas de sacrifícios, de carne e bebidas, os dias santos anuais como a Páscoa, foram todos abolidas na Cruz. A sombra estava perante a realidade.
        Em vista disto, não temos dificuldades em compreender a que lei se refere Paulo, quando diz: “A lei dos mandamentos que consistia em “ordenanças” e “suas ordenanças”, nos dois textos que estamos examinando. Ele está se referindo especificamente à lei cerimonial.
        Ele torna a questão duplamente clara ao dizer nos versículos que se seguem que, por terem as “ordenanças” sido abolidas, não estamos mais sob a obrigação de ofertas de carnes, bebidas, etc., e que os dias santos são ” a sombra dos bens futuros”. A comparação com a linguagem usada no livro dos Hebreus é concludente. Entretanto não é feita menção alguma, nos ensinamentos desses textos, de que a lei dos Dez Mandamentos tivesse sido abolida.
        A Lei antes do Sinai: Algumas pessoas ficam admiradas pelo ensino de que a lei existia antes do Sinai. Seria tal ensino verdadeiro? Às vezes nos esquecemos de que Deus é um Deus de ordem e não permite que o homem seja guiado unicamente pelos ditames de sua consciência ou por “conveniências”. A Palavra nos diz claramente que o “o pecado não é imputado, não havendo lei” (Romanos 4:15; 5:13). Somente através da lei é que o pecado pode ser conhecido (Romanos 3:20; 7:7). Ora, será que o mundo que antecedeu o Sinai era dominado pela – cabeça, consciência, conveniência – anarquia completa, sem qualquer lei ou preceito moral como padrão para determinar o comportamento do homem? Não havia pecado? O que determinava o que era ou não pecado?
        A Bíblia nos diz que o pecado entrou no mundo através de Adão (Romanos 5:12), e com ele a morte que passou a todos os homens. Pecaram os homens antes do Sinai? Sim. Prova: os homens morreram; a morte é consequência do pecado, que por sua vez é transgressão da lei (I João 3:4). Caim pecou (Gênesis 4:7, 10 e 11); os antediluvianos pecaram (Gênesis 6:11 e 13), bem como os habitantes de Sodoma e Gomorra (Gênesis 13:13). O próprio Deus cobrou – e isso é notável – a guarda do sábado ao povo de Israel que recém saíra do Egito. Isso ocorreu antes do Sinai. Aqueles que transgrediram a lei, Deus os repreendeu severamente (ver Êxodo 16:28). Será que o povo não conhecia esse mandamento – o quarto mandamento – da lei? É muito claro que conheciam! Deus não nos faz exigências absurdas, sem sentido.
        Quando estudamos a vida de Abraão ficamos maravilhados. Era um homem que servia verdadeiramente ao Senhor. E o Senhor fez uma promessa a Abrãao e sua semente – Por quê? O capítulo 26:5 de Gênesis nos diz claramente: “Porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandamento, os meus preceitos, os meus estatutos, e as minhas leis”.
        Este verso inclui a maior parte das palavras hebraicas que se referem à lei divina ou mandamentos. Abraão propôs em seu coração obedecer implicitamente; quando caiu, se dirigiu a Deus com o sacrifício de contrição sobre o altar de seu coração (Hebreus 7:25; 8:1-4). Deixou sua terra natal, ofereceu a seu filho, realizou o rito da circuncisão, pagou os dízimos. Abraão foi um fiel guardador dos mandamentos do Senhor, incluindo a guarda do sábado que fora dada ao homem antes que ele pecasse (Ver Gênesis 2:1-3); por isso foi agraciado com bênçãos e promessas maravilhosas!
        Concluindo, dizemos que o sábado e os demais mandamentos divinos são eternos. Nunca houve um tempo na existência do homem em que Deus não tivesse dado, de maneira tão clara e tão explícita, aquilo que deve ser obedecido para o próprio bem e felicidade do homem (Salmo 111: 7 e 8). Se o amamos, iremos guardar os Seus mandamentos, que “não são pesados” (I João 5:3). A obediência é o resultado natural e espontâneo da fé que opera por amor a Deus e não uma mera demonstração exterior de religiosidade. Jamais a obediência a qualquer mandamento poderá nos salvar; as obras não salvam, apenas Cristo pode salvar e colocar no coração do homem o impulso para obedecer (Atos 4:12). A obediência é apenas uma expressão de gratidão e amor. João 14:15 e Hebreus 10:16 e 17.
        Escreva-nos quando desejar, e saiba que estaremos orando para que Deus possa derramar ricas bênçãos sobre você e sua família.



  50. NERIVALDO OLIVEIRA

    OS SINAIS DO FIM DO MUNDO JÁ TÁ SENDO MOSTRADO NO NOSSO DIA DIA TERREMOTO , PAI MATANDO FILHO E FILHO MATANDO PAI ,ETC, EM GERAL O SER HUMANO NÃO RESPEITA MAIS AS PESSOAS NÃO TEM MAIS AMOR UM PELOS OUTROS E NEM A SI PROPRIO SERÁ QUE JÁ EO FIM ?OU APENAS EO PRINCIPIO DAS DORES E DEPOIS VIRA O FIM ASSIM COMO JESUS FALOU DEUS ABENÇÕES A TODOS E CONTINUEM ILUMINANDO A TODOS VOCÊS



    1. Carlos R. Silva

      Desde do inicio do mundo sempre houve a ganancia,porem nos dias de hoje como a população é maior,maior é ganancia do homem sobre o próprio homem,quanto mais tem,mais quer,mas somente bens materiais,e se esquecem do bem maior que é o bem espiritual,e este ultimo é que Deus quer,porém esta sendo esquecido pelo ser humano.



    2. beatriz

      acredito que seja o começo do fim do mundo, e depois virá o fim.
      sim muitos sinais já se cumprindo eu mesmo posso dar o meu testemunho
      pois vi um sinal (arco-iris) em volta da a fazendo perder seu brilho mais deixando as 7 cores do arcos iris iluminar e era um arco-iris inteiro não a metade…os sinais estão sendo cumpridos! alias a marca da besta fera já foi lançada e já é obrigátoria nos estados unidos acredito que estamos vivendo o inicio da nova era! preparem-se jesus está voltando!



    3. JOSE WILLIAM

      PELO AMOR DE DEUS NAO TEM BASE BIBLICA PARA ESSE CALCULO E OUTRA PRA BUSCAR A DEUS BUSCAMOS TODOS OS DIAS DEUS NAO É O SABADO E NENHUM OUTRO DIA DE SEMANA QUE VAI SALVAR A GENTE E JESUS, PO O SOCORRISTA QUE TRABALHA SABADO REMUNERADO E SALVANDO VIDA ELE SERA CONDENADO POR ISSO ?



      1. ligia

        Olá, José William,

        Muito obrigada por seu comentário em nosso site. A resposta para sua pergunta é longa, mas vale a pena ser lida e estudada na Bíblia.
        Como sabemos, os Dez Mandamentos constituem a norma eterna do que é correto. Jesus não veio nos libertar da obediência à Lei (Mateus 5:17-17; Efésios 2:10), mas da condenação dela – a morte eterna (Romanos 6:23; Romanos 8:1). Todo aquele que ama a Jesus, em gratidão por seus pecados perdoados, procurará obedecer aos mandamentos de Deus (João 14:15) com a ajuda e a força que vem do próprio Criador! (Filipenses 2:13).
        Entender a razão para alguns mandamentos é mais fácil. Sabemos que não devemos matar, mentir ou roubar. Para entendermos a razão da observância do Sábado temos que refletir mais detidamente no caráter de Deus e seu propósito ao criar a raça humana. Deus nos criou não porque precisasse de nós. Criou-nos, entre outras razões, para ter a alegria do companheirismo conosco e também para nos dar a alegria do companheirismo com Ele. Daí a importância do Sábado – um dia para especial comunhão com Deus, nosso Criador (Gênesis 2:1-3; Êxodo 20:8-11).
        Durante a semana nos envolvemos com a luta pela sobrevivência, com a busca da realização pessoal e tantas outras coisas e temos dificuldade em separar tempo de qualidade para passar com Deus. Pensando nesta necessidade, Ele instituiu o Sábado – um dia para restauração física, comunhão social e maior companheirismo com o Criador.
        O Sábado é o dia ideal para ir à igreja (Lucas 4:16), orar, meditar, e cantar louvores. Outras atividades muito indicadas para este dia são as obras de caridade (Mateus 12:12) e o convívio social. Todos temos a necessidade de dar e receber amor, de saber que há pessoas que se preocupam conosco e que com elas nos sentimos bem. Ninguém duvida – especialmente os cientistas – dos benefícios físicos de um dia de repouso a cada semana.
        Diz o mandamento: “Seis dias trabalharás” Êxodo 20:8. Deus promete estar conosco para que em seis dias sejamos capazes de realizar tudo que realmente importa e é necessário. Então, descansamos no Sábado como uma celebração por termos “acabado” nossos afazeres e para passarmos mais tempo com nosso Deus Triúno que nos criou e nos salvou.
        O que a Bíblia aponta como impróprio para o dia de Sábado não é aliviar o sofrimento humano, realizar obras caritativas ou atender certas emergências, mas sim o trabalho para ganhar a vida.
        Quando um médico cristão atende alguém num dia de Sábado, não está transgredindo o quarto mandamento. Jesus disse: “É lícito fazer o bem aos Sábados” (Mateus 12:12). Certamente, os médicos não devem trabalhar neste dia como nos demais. Cumpre a cada um deles determinar o que constitui emergência médica e que tipos de atendimentos podem ser deixados para o dia seguinte.
        “O Sábado foi feito por causa do homem”, para benefício da humanidade, diz Jesus em Marcos 2:27. Se um familiar adoece no sétimo dia, todas as providências para atender essa pessoa estão em harmonia com o propósito do Sábado. Portanto, se for necessário contratar um taxi, comprar remédios, pagar por honorários médicos ou hospitalares, nada disso deve ser deixado de fazer.
        Vivemos num mundo aquém do ideal. Na Nova Terra não teremos acidentes, incêndios e nem assaltos. Enquanto ainda estivermos cercados pela presença e pelas consequências do pecado, devemos pedir a Deus sabedoria para decidir quê trabalhos realizar e não realizar no dia do Senhor. Isto é algo muito pessoal e precisa ser levado a sério.
        Em termos do uso de nosso tempo, Deus não aceita menos do que dedicarmos o Sábado a Ele. Deus é o nosso Criador, Mantenedor e Salvador pessoal. Ele merece nosso amor, lealdade e obediência.
        Tornar o Sábado o dia mais feliz e abençoado de cada semana faz parte do mandamento mais amplo de amar ao Senhor com todas as nossas forças e com todo nosso entendimento (Deuteronômio 6:5; 10:12; 30:6; Marcos 12:28-30). As pessoas que separam o Sábado como um dia sagrado estão tendo um dos maiores privilégios concedidos aos homens: entrar na presença de Deus semanalmente, gratuitamente, pela fé.

        Nota: Este material foi editado pelo jornalista e consultor bíblico Leandro Quadros.



        1. clarice

          CONCORDO COM VC LIGIA SABIAS PALAVRAS



    4. daniely pinho de sousa

      exato nerivaldo todos os dias nos estamos vendo o que acotecer no brasil e ni outros paisis tipo catatofre morte e outa coisa pioris n