A primeira profecia

Tudo bem com você? Tenho o prazer de estar contigo neste horário para viajarmos pelo tempo e pela história em busca de um encontro com as profecias. Antes de estudarmos a primeira profecia da Bíblia, vamos relembrar o significado da palavra profecia? Segundo o dicionário, profecia é “predição do futuro feita por um profeta; oráculo, vaticínio, presságio, prognosticar, prever, antever.”

No programa de hoje quero analisar com você a mais antiga profecia encontrada na Bíblia. Vamos então para o início de todas as coisas, para a criação do homem. Jardim do Éden. Ali vivam nossos primeiros pais, felizes e animados pela constante presença do Senhor. Não sabemos por quanto tempo a alegria e a felicidade estiveram presentes na vida desse casal. Mas temos a informação pela Bíblia Sagrada, que após desobedecerem a ordem de Deus, o sentimento, as emoções e as reações de ambos passaram a ser diferentes.

O relato Bíblico de Gênesis 3:8-15, diz: “Quando ouviram a voz do SENHOR Deus, que andava no jardim pela viração do dia, esconderam-se da presença do SENHOR Deus, o homem e sua mulher, por entre as árvores do jardim. E chamou o SENHOR Deus ao homem e lhe perguntou: Onde estás? Ele respondeu: Ouvi a tua voz no jardim, e, porque estava nu, tive medo, e me escondi. Perguntou-lhe Deus: Quem te fez saber que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses? Então, disse o homem: A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi. Disse o SENHOR Deus à mulher: Que é isso que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente me enganou, e eu comi. Então, o SENHOR Deus disse à serpente: Visto que isso fizeste, maldita és entre todos os animais domésticos e o és entre todos os animais selváticos; rastejarás sobre o teu ventre e comerás pó todos os dias da tua vida. Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”

Adão e Eva haviam caído em pecado. Nesse momento Deus não os despreza e nem os rejeita, mas os vê como vítimas de Satanás. O Pai Celestial olhou para o casal e compreendeu o drama de alguém quando se torna uma vítima de diabo e suas mil formas de enganar.

Amigo ouvinte, o mesmo sentimento Deus tem hoje ao ver a humanidade envolvida com os vícios, a prostituição, a mentira, o ódio e orgulho. Toda vez que alguém se envolve neste mundo escuro do mal, ele o faz porque é vítima. É dessa forma que nós temos que olhar para todos os que estão envolvidos no pecado, nas drogas. Muitos olham para criminosos e dizem que devem morrer, mas Deus olhou para os primeiros pecadores e mostrou ao casal que havia um plano para libertá-los do mundo que eles estavam envolvidos.

Depois de questionar Adão e Eva por que haviam desobedecido, Deus chegou à outra vítima usada por Satanás: a serpente. Gênesis 3:14, registra a maldição que ela recebeu: “… visto que isso fizeste, maldita és entre todos os animais domésticos e o és entre todos os animais selváticos; rastejarás sobre o teu ventre e comerás pó todos os dias da tua vida.”

Temos aqui uma bela lição a aprender. Esta maldição não foi para mostrar a ira de Deus sobre os irracionais, mas foi para benefício de Adão. O objetivo de Deus era impressionar Adão com as conseqüências do pecado. A serpente se torna símbolo do mal.

Após Deus ter essa conversa e pronunciar a sentença sobre a serpente, Ele faz uma profecia. Gênesis 3:15 “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”.

Nessa profecia Deus deixa de lado a serpente literal e se volta para o símbolo do mal – Satanás. Apresenta então, duas formas de livrar o homem do envolvimento com o pecado.

A primeira delas: “Porei inimizade entre ti (serpente) e a mulher (igreja cristã). O pecado seria odiado pelo homem. Note que quem colocaria este ódio, seria o próprio Deus. “Porei’.

Amigo ouvinte, como precisamos da ajuda divina para não cairmos nas ilusões de Satanás! Hoje ele continua usando as propagandas para vender, por exemplo, cigarro e bebidas alcoólicas como sendo algo muito bom. Porém, com a ajuda de Deus nós não seremos mais vítimas.

E a segunda forma de Deus nos livrar do envolvimento do pecado está na parte final do verso: “Esta (igreja cristã) feriria a cabeça e tu (Satanás) ferirás o calcanhar.” Assim como Deus ajuda o homem a odiar o pecado, Ele também se propôs a ferir a serpente (símbolo do mal) na cabeça – região fatal de uma serpente. Porém, a serpente iria causar dor, sofrimento, por que ela feriria o calcanhar do Descendente da mulher. E foi o que aconteceu. Anos depois, Jesus veio a esta terra e feriu a Satanás, quando na cruz, exclamou: “Está consumado”. Claro, foi ferido por Satanás. Foi obrigado a usar uma coroa de espinhos, a carregar uma cruz e a ser cruelmente crucificado. Mas foi vitorioso.

Esta é a primeira profecia que temos na Bíblia. Todos nós devemos nos alegrar com esta profecia, porque um Salvador foi prometido para nos libertar da força do pecado e isto aconteceu há aproximadamente 2 mil anos atrás. Gênesis 3:15 mostra o interesse e o amor desse Deus por você.

Aceite o que II Crônicas 20:20 diz “Creia no Senhor teu Deus e você estará seguro. Creia nos profetas dEle e você prosperará”.

Por Rede Maranatha (@redemaranatha)

A primeira profecia
Quero analisar com você a mais antiga profecia encontrada na Bíblia. Vamos então para o início de todas as coisas, para a criação do homem. Jardim do Éden.
Acesse: http://www.redemaranatha.com.br/?p=12

Comente